ELEIÇÕES NA CAPITAL CEARENSE > CAPA DE REVISTA!!!!

 


Prefeito eleito de Fortaleza, Sarto Nogueira vai ter maioria dos novos vereadores da Câmara

Sarto Nogueira (PDT) foi eleito o novo prefeito de Fortaleza neste domingo (29). O pedetista disputava o segundo turno da Capital com Capitão Wagner (Pros). Em 2021, quando assumir o comando do Paço Municipal, Sarto irá encontrar um cenário favoráve na Câmara Municipal de Fortaleza: 25 dos 43 vereadores eleitos pertencem a sua coligação (PP/PDT/PTB/PL/PSB/DEM/PSD/CIDADANIA/RED/PSDB). 
Além disso, o vereador reeleito do PSL, Marcelo Lemos, que está sub judice na Justiça Eleitoral, pode compor a base do pedetista na Casa, já que o partido se colocou no segundo turno como independente. Na atual legislatura, Lemos apoiava a gestão de Roberto Cláudio. 
O Psol, que fez dois legisladores municipais para a próxima legislatura, deve fazer parte da oposição na Casa, apesar de ter anunciado apoio a Sarto no segundo turno. O ex-candidato ao comando do município e presidente estadual da legenda, Renato Roseno, já comunicou a oposição crítica que deve integrar na Casa. 
Já o PT, que também apoiou a chapa pedetista no segundo turno, não se pronunciou sobre como será a atuação dos seus três vereadores na Câmara em relação ao mandato de Sarto. A sigla deve deliberar sobre o tema antes da posse de Sarto, em janeiro. Atualmente, os três legisladores petistas, que foram reeleitos para a próxima legislatura, integram a oposição de Roberto Cláudio (PDT). 
O Psol e o PT, inclusive, também fariam oposição ao candidato do Pros, se ele tivesse sido eleito, já que o apoio a Sarto foi para 'derrotar' Wagner, o qual atribuem a candidatura como 'bolsonarista'. 
Com isso, Sarto deve enfrentar uma oposição mais forte do que Roberto Cláudio tinha quando foi reeleito em 2016, já que a coligação (PROS/REPUBLICANOS/PODE/PSC/PMB/PMN/PTC/DC/AVANTE) de Capitão Wagner fez 12 vereadores para a nova legislatura. Em 2016, inclusive, o atual prefeito da Cidade tinha 31 dos 43 vereadores na sua base e encerra o mandato com 36 parlamentares no seu arco de alianças. 
Sarto, por sua vez, anunciou, ainda na campanha, que irá buscar o diálogo com a oposição na Câmara para tentar aprovar projetos que visem a melhoria de Fortaleza. 
(*) Com informações DN

Votos brancos, nulos e abstenções: compare números no 1º e 2º turno em Fortaleza

Compare o número de abstenções, brancos e nulos, do 1º para o 2º turno em Fortaleza:
Votos Brancos: de 50.234 (3,53%) para 35.081 (2,50%)
Votos Nulos: de 92.295 (6,48%) para 77.798 (5,53%)
Abstenções: de 397.774 (21,83%) para 414.959 (22,78%)
Sarto Nogueira (PDT) venceu Capitão Wagner (Pros) na disputa para prefeito de Fortaleza por uma diferença de 43.760 votos. Se somados, os votos brancos e nulos deste pleito chegaram 112.879, número suficiente para influenciar no resultado final da eleição. Também há que se considerar as 414.959 abstenções.

Camilo Santana comemora vitória de Sarto para a Prefeitura de Fortaleza: 'vitória da verdade'

O governador Camilo Santana (PT) comemorou, neste domingo (29), a vitória do deputado estadual Sarto Nogueira (PDT) no segundo turno da Capital. Com 99,98% das urnas apuradas, o pedetista obteve 51,69% (668.500) dos votos válidos e derrotou o candidato Capitão Wagner (Pros), que recebeu 48,31% dos votos válidos (624.767 eleitores).

Com uma disputa acirrada, a diferença entre os dois foi de 43.733 votos válidos. O número de brancos foi 35.072 (2,50%) e de nulos 77.774 (5,53%). Ao todo, 1.406.113 pessoas foram às urnas de 1.821.006 pessoas aptas a votar. A abstenção foi de 22,78%.

“Uma vitória da defesa da verdade, do respeito, da paz e do reconhecimento ao trabalho e à enorme disposição para enfrentar os muitos desafios que virão pela frente. Temos um povo sábio, justo e trabalhador, que sempre buscará a escolha do melhor caminho, com a consciência tranquila e o coração desarmado”, disse o governador Camilo.

Com a vitória de Sarto neste domingo, o grupo do pedetista vai para o terceiro mandato consecutivo à frente da Prefeitura de Fortaleza.

Conheça a nova primeira-dama de Fortaleza, Natália Herculano



Com a eleição de Sarto Nogueira como prefeito de Fortaleza, a Capital cearense também terá uma nova primeira-dama, Natália Herculano. A enfermeira tem participação ativa na Assembleia Legislativa do Ceará com desenvolvimento projeto sociais, atuando, sobretudo, no movimento feminista. 

Em fevereiro de 2019, Natália Herculano foi nomeada como presidente de honra do Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense (MMLC), que reúne mulheres que atuam na Assembleia Legislativa com a finalidade de desenvolver ações voltadas para o bem-estar social do cidadão cearense.

Dentre as ações implementadas pela primeira-dama na função, destaca-se a criação do projeto Mundo Azul. A iniciativa tem foco no atendimento de crianças com transtorno do espectro autista (TEA). O projeto foi idealizado inicialmente aos dependentes de servidores da Assembleia Legislativa e atualmente funciona com capacidade reduzida de atendimento devido aos protocolos sanitários. 
Pautas 

Temas como empoderamento feminino, violência contra mulher e saúde da mulher foram pautas de Natália Herculano como presidente de honra do MMLC. Na função, a enfermeira também foi autora da proposta "quarta cultural", a qual tem o objetivo de valorizar artistas locais promovendo apresentações musicais e artísticas em espaços do Poder Legislativo. 

Fora da Assembleia, Natália Herculano tem ativa participação em diferentes projetos sociais com objetivos distintos. Além do movimento feminino, a enfermeira atua também na defesa da população LGBTQI+ e do movimento negro. 


Como primeira-dama de Fortaleza, Natália promete lutar pelo futebol feminino nas Areninhas. Segundo ela, a proposta é capacitar mais profissionais para implantar mais núcleos de futebol feminino em todos os bairros da Capital. 

Durante a campanha de Sarto, Natália também apresentou atuação significativa no período eleitoral, atuando, principalmente, nas redes sociais e em visitas à centros culturais, casas de acolhimento, Cucas etc.

CAPA


 

Sarto diz que pretende ser um prefeito "para todos e todas"

30/11/2020 > SEGUNDA-FEIRA Prefeito eleito discursou em comitê após resultado das votações. Entre as prioridades, destacou a recuperação econômica e a distribuição de vacinas contra a Covid-19 Durante a coletiva, o candidato vencedor destacou que pretende ser "prefeito de todos e de todas". Sarto foi eleito com 51,69% do total, com 668.652 votos. O opositor, Capitão Wagner (Pros), teve 624.892 votos, com 48,31%. A diferença entre os dois foi de 43.760 votos. "Eu vou procurar unir essa cidade, compreendendo as suas desigualdades, que são históricas, mas vou avançar naquilo que o prefeito Roberto Cláudio brilhantemente fez, que é uma gestão voltada para quem mais precisa, e eu vou procurar avançar nesse sentido". Transição Sobre a transição, Sarto diz que deverá correr contra o tempo, pois a posse já ocorre em um intervalo de um mês. "Os nomes serão eu acho que a última etapa pra esse processo. Evidentemente a área técnica é fundamental, e nomes a gente vai saber lá na última etapa, finalzinho de dezembro, a gente vai evoluir pra isso". A recuperação econômica deverá ser prioridade na gestão, pontua o agora eleito prefeito. Sarto ainda destacou que buscará disponibilizar a vacina para a população de Fortaleza. "Prioridade é, como eu disse, paralelamente, recuperação econômica, porque nós temos aí uma crise, e preservação dessa monitoração da saúde. Cuidar da saúde. Ainda estamos na pandemia. E assim que se viabilize pelas autoridades sanitárias, comprar a vacina e disponibilizar pra toda a população de Fortaleza. Priorizar certos setores, a área da saúde, profissionais de saúde, idosos e gestantes, e avançar também naquela questão do calendário escolar de retorno seguro às escolas com a recuperação do calendário escolar. Acho que são três pilares fundamentais que a gente deve encarar a partir de agora". A parceria com o Governo do Estado foi destacada também na fala de Sarto: "Parceria (com o Estado) será reforçada. Até porque eu tive o privilégio de ser vice-líder do governador Camilo e sou presidente da Assembleia. E, desde sempre a gente tem estabelecido diálogo diário, frequente, para avançar nas conquistas que o Ceará está tendo e nós vamos evoluir nessa parceria". (*) Com informações DN

APURAÇÃO NA CAPITAL CEARENSE > AO VIVO

Cid lança Roberto Cláudio para sucessão de Camilo



O senador Cid Gomes acompanhou o candidato Sarto até a seção onde vota. Sarto vota na APAE, próximo ao prédio da Câmara de Vereadores.

A imprensa abordou o senador Cid sobre a votação de hoje e a sucessão estadual. “O Sarto é o melhor para Fortaleza, é aberto ao diálogo, dará sequência ao projeto executado na gestão Roberto Cláudio. É nome importante para suceder o Camilo”, afirmou Cid, ao agradecer a população de Fortaleza.

Sarto vota na Apae e reafirma defesa da democracia e de uma Fortaleza mais inclusiva, justa e humana



O candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, José Sarto, votou na manhã deste domingo, 29, na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), na avenida Rogaciano Leite. Em coletiva de imprensa, ele afirmou que este domingo representa a defesa da democracia e de uma Fortaleza mais inclusiva, mais justa, mais humana.

“Quero retribuir para Fortaleza todo o carinho, todo o amor que ela me deu, porque cheguei aqui muito cedo. Fui bem recebido por essa cidade e tenho um débito de gratidão para com ela. Eu cresci na periferia. Conheço muito Fortaleza. Se eu tiver a oportunidade de ser o seu prefeito, pode ter certeza que vou dar o melhor do meu coração, do meu sentimento para continuar os avanços que esse prefeito fez, o maior prefeito da história de Fortaleza, Roberto Cláudio”, destacou.

Sarto chegou ao local de votação acompanhado da família, do governador Camilo Santana (PT), do senador Cid Gomes (PDT), do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e de outras lideranças partidárias que compõem a aliança. “Nossa candidatura reuniu essas pessoas que amam Fortaleza, uniu partidos que reúnem o seu sentimento por Fortaleza”, enfatizou, acrescentando que pretende traduzir “uma Fortaleza que dialoga, que respeita”.

Repórter Ceará (Foto: Divulgação)

ELEIÇÕES NA CAPITAL CEARENSE > BLOG AO VIVO!!!!

Sarto inicia o dia com café da manhã acompanhado da mãe

O candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PDT, José Sarto, começou o dia tomando café da manhã com sua mãe, Dona Alice. Em seguida, o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará seguiu para a APAE, na Avenida Rogaciano Leite, onde registrará seu voto, por volta das 10:40h deste domingo.

Eleições 2020: veja movimentação em locais de votação de Fortaleza

 


O segundo turno em Fortaleza começou com movimentação intensa nos locais de votação da cidade, mas sem muitos problemas. Na faculdade Maurício de Nassau, no bairro José Bonifácio, teve eleitor que chegou às 6 horas da manhã. Outro colégio eleitoral, o Adauto Bezerra, no bairro de Fátima, apresentou filas tranquilas e organizadas. Os votantes não deixaram de lado as medidas de combate ao coronavírus e foram ao local de votação com máscaras e respeitando distanciamento social.Quatro ocorrências com urnas eletrônicas já foram registradas em Fortaleza até 8h21min deste domingo, 29, em que ocorre o segundo turno das Eleições 2020 na Capital e em Caucaia, na Região Metropolitana. Duas urnas precisaram ser substituídas, de acordo com o balanço do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE).A um dia da definição do novo prefeito de Fortaleza, pesquisa O POVO Datafolha sobre o 2º turno das eleições 2020 em Fortaleza mostra que José Sarto (PDT) deverá ser eleito neste domingo, 29 de novembro (29/11), prefeito da Capital. Ele tem 14 pontos percentuais de vantagem sobre Capitão Wagner (Pros).

(*) Informações O Povo

ELEIÇÕES NA CAPITAL CEARENSE > MÃE DO CANDIDATO SARTO MARIA ALICE NOGUEIRA, COM MAIS DE 90 ANOS VOTA > EXEMPLO DE CIDADANIA!!!!







 

Eleitores de 57 cidades voltam às urnas neste domingo no segundo turno

Após o resultado do primeiro turno das eleições municipais, ocorrido no último dia 15, eleitores de 57 cidades brasileiras irão retornar às urnas hoje (29), para decidir, em segundo turno, quem ficará à frente do Executivo municipal pelos próximos quatro anos. Pela legislação, o segundo turno ocorre apenas em cidades com mais de 200 mil eleitores.
Os eleitores devem comparecer às urnas entre as 7h e as 17h deste domingo. Nas primeiras três horas do pleito (das 7h às 10h), a prioridade é para pessoas com mais de 60 anos.
Do total de municípios onde ocorrerá o segundo turno, 18 são capitais. Sete capitais brasileiras elegeram seus prefeitos no primeiro turno, pois os primeiros colocados obtiveram mais de 50% dos votos válidos. Foram reeleitos os prefeitos de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), com mais de 63% dos votos válidos; de Curitiba, Rafael Greca (DEM), com quase 60%; de Natal, Alvaro Dias (PSDB), com 57%; de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), e de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), ambos com cerca de 53% dos votos. Em Salvador, o vice-prefeito Bruno Reis (DEM) venceu com 64%. Em Palmas, a atual prefeita, Cinthia Ribeiro (PSDB) foi reeleita com 36%. 
Macapá teve a eleição suspensa em razão do apagão que atingiu o Amapá. O primeiro turno na capital amapaense será em 6 de dezembro e o segundo turno, caso o primeiro colocado não obtenha mais de 50% dos votos válidos, será em 20 de dezembro. Já a capital federal, Brasília, não tem disputa para o cargo de prefeito, uma vez que o chefe do Executivo é o governador.
Ainda de acordo com o TSE, o índice de abstenção no primeiro turno no país foi de 23,14%. Nas eleições municipais de 2016, o índice de abstenção no primeiro turno foi de 17,58%.

Confira as 18 capitais onde haverá segundo turno:

Aracaju: Edvaldo Nogueira (PDT) e Danielle Garcia (Cidadania)
Belém: Edmilson Rodrigues (PSOL) e Delegado Eguchi (Patriota)
Boa Vista: Arthur Henrique (MDB) e Ottaci (Solidariedade)
Cuiabá: Emanuel Pinheiro (MDB) e Abílio Júnior (Pode)
Fortaleza: Sarto Nogueira (PDT) e Capitão Wagner (Pros)
Goiânia: Maguito Vilela (MDB) e Vanderlan Cardoso (PSD)
João Pessoa: Cícero Lucena (Progressistas) e Nilvan Ferreira (MDB)
Maceió: Alfredo Gaspar (MDB) e JHC (PSB)
Manaus: Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante)
Porto Alegre: Sebastião Melo (MDB) e Manuela d'Ávila (PCdoB)
Porto Velho: Hildon Chaves (PSDB) e Cristiane Lopes (PP)
Recife: João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT)
Rio Branco: Socorro Neri (PSB) e Tião Bocalom (PP)
Rio de Janeiro: Marcelo Crivella (Republicanos) e Eduardo Paes (DEM)
São Luís: Eduardo Braide (Pode) e Duarte Júnior (Republicanos)
São Paulo: Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL)
Teresina: Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB)
Vitória: Delegado Pazolini (Republicanos) e João Coser (PT)

Confira os 39 municípios onde haverá segundo turno:

A

nápolis (GO): Roberto Naves (PP) e Antonio Gomide (PT)
Bauru (SP): Suéllen Rosim (Patriota) e Dr Raul (DEM)
Blumenau (SC): Mário Hildebrandt (Pode) e João Paulo Kleinübing (DEM)
Campinas (SP): Dário Saadi (Republicanos) e Rafa Zimbaldi (PL)
Campos dos Goytacazes (RJ): Wladimir Garotinho (PSD - sub judice) e Caio Vianna (PDT)
Canoas (RS): Jairo Jorge (PSD) e Luiz Carlos Busato (PTB)
Cariacica (ES): Euclério Sampaio (DEM) e Célia Tavares (PT)
Caucaia (CE): Naumi Amorim (PSD) e Vitor Valim (Pros)
Caxias do Sul (RS): Pepe Vargas (PT) e Adiló (PSDB)
Contagem (MG): Marília (PT) e Felipe Saliba (DEM)
Diadema (SP): Filippi (PT) e Taka Yamauchi (PSD)
Feira de Santana (BA): Zé Neto (PT) e Colbert Martins (MDB)
Franca (SP): Flávia Lancha (PSD) e Alexandre Ferreira (MDB)
Governador Valadares (MG): André Merlo (PSDB) e Dr Luciano (PSC)
Guarulhos (SP): Guti (PSD) e Elói Pietá (PT)
Joinville (SC): Darci de Matos (PSD) e Adriano Silva (Novo)
Juiz de Fora (MG): Margarida Salomão (PT) e Wilson Rezato (PSB)
Limeira (SP): Mario Botion (PSD) e Murilo Félix (Podemos)
Mauá (SP): Átila Jacomussi (PSB) e Marcelo Oliveira (PT)
Mogi das Cruzes (SP): Marcus Melo (PSDB) e Caio Cunha (Pode)
Paulista (PE): Yves Ribeiro (MDB) e Francisco Padilha (PSB)
Pelotas (RS): Paula Mascarenhas (PSDB) e Ivan Duarte (PT)
Petrópolis (RJ): Rubens Bomtempo (PSB) e Bernardo Rossi (PL)
Piracicaba (SP): Barjas Negri (PSDB) e Luciano Almeida (DEM)
Ponta Grossa (PR): Mabel Canto (PSC) e Professora Elizabeth (PSD)
Praia Grande (SP): Raquel Chini (PSDB) e Danilo Morgado (PSL)
Ribeirão Preto (SP): Duarte Nogueira (PSDB) e Suely Vilela (PSB)
Santa Maria (RS): Sergio Cecchim (PP) e Pozzobom (PSDB)
Santarém (PA): Nélio Aguiar (DEM) e Maria do Carmo (PT)
São Gonçalo (RJ): Dimas Gadelha (PT) e Capitão Nelson (Avante)
São João de Meriti (RJ): Dr João (DEM) e Leo Vieira (PSC)
São Vicente (SP): Solange Freitas (PSDB) e Kayo Amado (Pode)
Serra (ES): Sergio Vidigal (PDT) e Fabio Duarte (Rede)
Sorocaba (SP): Rodrigo Manga (Republicanos) e Jaqueline Coutinho (PSL)
Taboão da Serra (SP): Engenheiro Daniel (PSDB) e Aprigio (Pode)
Taubaté (SP): Saud (MDB) e Loreny (Cidadania)
Uberaba (MG): Elisa Araújo (Solidariedade) e Tony Carlos (PTB)
Vila Velha (ES): Arnadinho Borgo (Pode) e Max Filho (PSDB)
Vitória da Conquista (BA): Zé Raimundo (PT) e Herzem Gusmão (MDB)
Edição: Denise Griesinger

ELEIÇÕES NA CAPITAL CEARENSE > O BLOG ESTARÁ ACOMPANHANDO ÁS ELEIÇÕES NA CAPITAL CEARENSE DURANTE TODO DIA!!!!!!

29/11/2020 . DOMINGO

 

Datafolha Fortaleza segundo turno: Sarto 57% x Capitão 43%

 

Encomendada pelo jornal O Povo, a margem de erro é de três pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%.

Pesquisa Datafolha Fortaleza divulgada hoje, 28, mostrou o candidato do PDT, José Sarto com 57% das intenções de votos (válidos) no segundo turno. Capitão Wagner, do Pros, aparece com 43%.

Encomendada pelo jornal O Povo, a margem de erro é de três pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%.

O Datafolha ouviu 1.471 eleitores de Fortaleza nos dias 27 e 28 de novembro.

Votos válidos

Nessa rodada, o Datafolha fez as estatísticas dos votos válidos. É a conta com a exclusão de brancos, nulos e indecisos.

José Sarto (PDT): 57%
Capitão Wagner (Pros): 43%

Votos totais

José Sarto – 49%
Capitão Wagner – 36%
Branco/nulo – 9%
Não sabe – 6%

Datafolha Fortaleza 20 de novembro

Votos válidos

José Sarto: 59%
Capitão Wagner : 41%

Votos totais

José Sarto – 50%
Capitão Wagner –36%
Branco/nulo – 10%
Não sabe – 4%

ELEIÇÕES NA CAPITAL CEARENSE > DAQUI A POUCO LIVE ESPECIAL COM O TIME 12!!!!!CAMILO, ROBERTO CLÁUDIO, SARTO, ÉLCIO, ACOMPANHE PELAS REDES SOCIAIS E NO BLOG!!!!


 

Pesquisa Ibope para 2º turno em Fortaleza, votos válidos: Sarto, 61%; Capitão Wagner, 39%



Pesquisa Ibope encomendada pela TV Verdes Mares e divulgada neste sábado (28) aponta os seguintes percentuais de votos válidos para o segundo turno das Eleições 2020 para a Prefeitura de Fortaleza:

O percentual de votos válidos de cada candidato corresponde à proporção de votos do candidato sobre o total de votos, excluídos os votos brancos, nulos e indecisos. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Evolução

Em relação aos votos válidos do levantamento anterior do Ibope, de 23 de novembro:
Sarto foi de 60% para 61%
Capitão Wagner foi de 40% para 39%
(*) Com informações do G1

As vitórias administrativas e eleitorais do governador Camilo Santana

O governador Camilo Santana construiu uma liderança própria, algo difícil, diante das adversidades que enfrenta, desde o 1º dia em que entrou no Palácio da Abolição. 

Os primeiros momentos na residência oficial foram sem dormir noites tranquilas. O Brasil mergulhou no profunda recessão, desemprego e crise política, com o início do impeachment da presidente Dilma Roussef. Ela acabou cassada. Em seguida, veio o governo Temer, afundado em impopularidade e sem recursos para financiar projetos, não liberando aval para o governador captar recursos de bancos internacionais, o que só ocorreu, após a ação de deputados e senadores cearenses. 

O governador enfrenta, agora, a discriminação do governo federal, cuja interlocução se torna difícil. Bolsonaro construiu um muro entre o seu governo e o Estado do Ceará. Os governadores foram obrigados a criar um consórcio para driblar a falta de verbas. 

O governador Camilo Santana enfrentou, no início do ano, a maior greve da Polícia Militar. Camilo considera o movimento um motim violento, que danificou patrimônio público, incendiou ônibus e carros da polícia, destruiu quartéis e produziu mais de 300 mortes. Foi um momento grave, ficando a população desprotegida. 

Agora, o governador enfrenta a pandemia de Covid 19, que teve início em março, matando centenas de cearenses e, até agora, levando pessoas às UTIs. O governador está sendo modelo no país no combate ao coronavírus, proibindo funcionamento de bares e eventos. Na campanha eleitoral, conseguiu, junto ao TRE, a proibição de comícios, aglomerações, carreatas e caminhadas. 

A campanha eleitoral era a arma dos adversários para derrotar o governador, acusado por eles de promover a destruição da economia. Mas, a bala de prata do coronavírus estava com o governador Camilo Santana. As pesquisas mostraram que as medidas contra a pandemia lhe geraram prestígio e confiança da população. 

Totalizados os votos no 1º turno da eleição municipal, Camilo saiu vitorioso em quase todos os municípios do Ceará, na maior performance eleitoral de um governante. Ele divide o êxito com seus grandes aliados, o senador Cid Gomes, o ex-ministro Ciro Gomes, o prefeito Roberto Cláudio, deputados, vereadores, lideranças e prefeitos. “Formamos um time, um grupo que trabalha para o bem, para melhorar a vida dos cearenses”, disse o governador, ao registrar a vitória nas urnas. 

O cearense de Barbalha devolveu ao governador Camilo o controle político da sua terra. O município reconheceu os méritos do governador, que não fez campanha presencial na sua base política. 

Amanhã, domingo, 29, segundo as pesquisas, o governador poderá obter a mais retumbante das vitórias. A batalha contra o Capitão Wagner, se for vencida, terá um excepcional sabor de revanche. Para o governador, a derrota de Wagner será a de um projeto que nasceu com um motim, liderado por milicianos, sepultando-se a perspectiva de sua evolução.
(*) Jornalista Roberto Moreira

Sarto: “meu adversário representa um projeto alinhado ao Bolsonaro”

O candidato do PDT, José Sarto, voltou novamente a falar que Capitão Wagner do Pros está alinhado ao presidente Jair Bolsonaro.

Em de debate realizado na noite de ontem pela TV Verdes Mares, o pedetista afirmou: “Domingo que vem você vai escolher o seu prefeito. Nós temos aqui duas candidaturas antagônicas que representam projetos diferentes. O meu adversário representa um projeto alinhado ao Bolsonaro, de exclusão, de intolerância, de notícias falsas, de desatenção para as minorias”.

“Quero lembrá-lo e lembrá-la que estamos diante de uma decisão que é fundamental para Fortaleza. Eu conheço Fortaleza, ando por Fortaleza, sei das suas dores, das suas necessidades”, declarou.
Equipe Focus
focus@focus.jor.br

“A curva continua apresentando inclinação ascendente”, diz Prefeitura em boletim de covid-19

Redação O Otimista

redacao@ootimista.com.br

De acordo com boletim epidemiológico da Prefeitura de Fortaleza, a curva da pandemia de covid-19 continua em movimento de subida. O relatório foi divulgado nesta sexta-feira (27).

O estudo mostra que até o dia de hoje foram contabilizados 67.874 casos confirmados, por critério laboratorial, em residentes de Fortaleza. Ou seja, pacientes testados através do método RT-PCR, ou pelo teste rápido. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a tendência de alta iniciada em outubro permanece.
Até a divulgação do balanço de hoje, Fortaleza conta 4.065 óbitos por COVID-19. A média móvel de óbitos confirmados dos últimos é de 2 e demonstra estabilidade, apesar de leve tendência de subida.
O relatório aponta que as principais vítimas de covid-19 na Capital são pessoas entre 20 e 59, representando 72% do total de casos confirmados e 22% da quantidade de mortes. Já 23% dos casos e 77% dos óbitos são de pessoas com 60 anos ou mais, demonstrando maior fragilidade deste último grupo em relação à doença.
(*) Prefeitura de Fortaleza

Recadastramento de aposentados está suspenso até o fim do ano

A exigência da prova de vida anual de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está suspensa até o fim do ano. A Secretaria de Previdência do Ministério da Economia informou, no início da noite, que publicará, na segunda-feira (30), uma portaria com a prorrogação da medida.

A prova de vida anual obrigatória deixou de ser exigida desde o dia 18 de março de 2020, como medida de proteção no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. A medida, no entanto, não afeta o recebimento de proventos e pensões. Com o adiamento da retomada da prova de vida, quem não fez o procedimento entre março e dezembro desse ano, não terá o benefício bloqueado até o fim de janeiro.

Realizada todos os anos no mês de aniversário do beneficiário, a comprovação de vida é exigida para a manutenção do pagamento do benefício. A prova de vida exige o comparecimento do segurado ou de algum representante legal ou voluntário à instituição bancária onde saca o benefício.

Desde agosto do ano passado, o procedimento pode ser feito por meio do aplicativo Meu INSS ou pelo site do órgão por beneficiários com mais de 80 anos ou com restrições de mobilidade. A comprovação da dificuldade de locomoção exige atestado ou declaração médica. Nesse caso, todos os documentos são anexados e enviados eletronicamente.
(*) Com informações O Otimista

INFORMATIVO "REDE MOVELETRO" PERDEU A BLACK FRIDAY " A REDE MOVELETRO" ESTICOU ÁS PROMOÇÕES ATÉ ÁS 3 DA TARDE!!!!!

EVANGELHO DESTE SÁBADO COM PADRE CHICO SILVEIRA

29/11/2020 > SÁBADO

Capitão Wagner terá que pagar multa de R$ 50 mil por não cumprir direito de resposta

A Justiça Eleitoral determinou que Capitão Wagner (Pros) pague uma multa de R$ 50 mil após não cumprir a decisão judicial que concedeu direito de resposta a Sarto Nogueira (PDT). Os representantes de Wagner tentaram recorrer da decisão, contudo o recurso não foi acolhido. A ação se refere a propagandas com a ataques a Sarto nas redes sociais.






ELEIÇÕES NA CAPITAL CEARENSE > PONTO PODER ENTREVISTOU O CANDIDATO SARTO Á PREFEITURA DE FORTALEZA > VEJA A ENTREVISTA!!!!