80 ANOS DO MAIOR JOGADOR DE TODOS OS TEMPOS !!!!!PELÉ !!!! PARABÉNS!!!!!

"Eles que se matem", diz Moro sobre Lula e Bolsonaro

23/10/2020 > SEXTA-FEIRA
247 - Com perda significativa de apoio pelas atuações na Operação Lava Jato, o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro afirmou que não é hora de pensar em uma possível candidatura na eleição presidencial de 2022 e criticou tanto Jair Bolsonaro quanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Eles que se matem. Se merecem!", afirmou o ex-juiz, de acordo com relato publicado pela coluna Radar, de Veja.
Moro deixou o cargo de ministro em abril, após Jair Bolsonaro exonerar Mauricio Valeixo da Diretoria-Geral da Polícia Federal. O então titular da Justiça apontou crime de responsabilidade. "O presidente me relatou que queria ter uma indicação pessoal dele para ter informações pessoais. E isso não é função da PF", denunciou.
Ainda naquele mês o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, autorizou a abertura de um inquérito com o objetivo de apurar as acusações do então ministro. 
Na condição de juiz da Lava Jato, Moro condenou Lula sem provas no processo do triplex em Guarujá (SP) sob acusação de ter recebido um apartamento como propina da OAS. O ex-presidente nunca dormiu nem tinha a chave do imóvel. 
Na apresentação da denúncia, em setembro de 2016, o procurador Henrique Pozzobon admitiu que não havia "provas cabais" de que Lula era o proprietário do apartamento. 
247

Eleitor idoso

Os eleitores com mais de 60 anos terão prioridade na eleição de 15 de novembro. Entre 7 e 10 horas da manhã, só esse grupo poderá votar. No restante do dia, ao chegarem, não pegarão fila. Todos estarão sendo orientados.


Volta de Sarto criou novo momento na campanha

"O homem sempre se supera, vence". A frase é do Usain Bolt, maior velocista da história do homem na terra. Correu 100 metros em menos de 10 segundos, voava. Seu símbolo é a lança. Sarto se superou ao vencer o coronavírus, um vírus que vem destruindo famílias, criando horrores entre populações e ameaçando o mundo. 
A volta de Sarto, com saúde e força, garante um bom debate na campanha eleitoral, pelo seu currículo e histórico de vida pública.
A retomada da campanha da maior aliança na disputa pela Prefeitura de Fortaleza ganha robustez e novo ânimo para enfrentar a já animada oposição.
Está chegando o momento de mais campanha de rua, debates, conversa com o eleitor. Sarto voltou na hora certa, no momento vital da campanha.
Roberto Moreira

Brasil tenta repatriar fóssil de US$ 150 mil traficado para França

Um fóssil de Pterossauro estimado em US$ 150 mil está entre as mais de 40 amostras que foram traficadas da região da Chapada do Araripe, no Ceará, para a Europa. O Ministério Público Federal do Ceará tenta repatriar desde 2018 os achados arqueológicos que foram comercializados ilegalmente pelo grupo criminoso investigado na Operação Santana Raptor, desencadeada nesta quinta-feira (23) pela Polícia Federal.
A Justiça da França já deu decisão favorável ao Brasil. Mas a dificuldade em trazer de volta os fósseis para o país está no custo da operação, avaliada em R$ 240 mil. A quadrilha, de acordo com a investigação, é formada por servidores públicos, pesquisadores, atravessadores e mineradores. Entre os investigados está um professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O escritório dele dentro do Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza, no campus da UFRJ, foi um dos alvos de mandados de busca e apreensão. Um dos presos na operação, que seria um trabalhador de uma pedreira, confirmou em depoimento à Polícia Federal que recebia valores mensais do professor da UFRJ para repassar ilegalmente os fósseis encontrados nas pedreiras. O nome do professor não foi divulgado.
De acordo com a PF, o grupo criminoso é investigado desde 2017 e seria responsável por manter um esquema de extração ilegal e comercialização de fósseis ilegal em Santana do Cariri e Nova Olinda, no Ceará. A região é famosa mundialmente por ser geossítio de insetos, pterossauros, peixes e vegetais. Os fósseis desta região são conhecidos em todo o mundo dada a excepcional qualidade de preservação. A cidade de Santana do Cariri, que tem cerca de 18 mil habitantes, abriga um Museu de Paleontologia e uma sede do Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), chamada Casa da Pedra.
As investigações apontaram que os servidores e pesquisadores pagavam mensalmente uma quantia aos chamados peixeiros, que são os trabalhadores das pedreiras da Chapada de Araripe. Os fósseis encontrados por eles eram vendidos por R$ 100, R$ 500 e até R$ 10 mil reais, dependendo do valor científico.



AL aprova indicação para presidência da ARQS e abertura de crédito para o Estado

A Assembleia Legislativa aprovou, durante a sessão plenária presencial e remota realizada nesta quinta-feira (22/10), oito projetos de lei, 10 projetos de indicação e um de decreto legislativo.
O projeto de decreto legislativo 13/20, de autoria da Comissão de Seguridade Social e Saúde, trata da aprovação, por parte do colegiado, da indicação do Governo do Estado de Diana Carmen Almeida Nunes para exercício do cargo de presidente do Conselho Diretivo da Autoridade Reguladora da Qualidade dos Serviços de Saúde (ARQS).
Entre os projetos de lei, seis são de autoria do Poder Executivo. O projeto 50/20 autoriza a abertura de crédito especial no montante de R$ 50.590.204,59, destinado à criação de ações orçamentárias nas secretarias das Cidades e do Turismo, além do Fundo Estadual de Saúde. A proposição teve votos contrários dos deputados Soldado Noelio (Pros), Delegado Cavalcante (PSL) e Fernanda Pessoa (PSDB).
O 51/20 promove mudanças na composição e estrutura do Conselho Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, adequando-o às disposições da lei que cria o Sistema Único de Segurança Pública (SUSP). A proposição foi aprovada com três emendas, sendo uma de autoria do Poder Executivo e duas do deputado Renato Roseno (Psol).
O 53/20 autoriza o Poder Executivo a celebrar termo aditivo ao contrato firmado com a União ao amparo da Lei nº 9.496, de setembro de 1997, estabelecendo alterações autorizadas pela Lei Complementar nº 173, de maio de 2020, que trata do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus SARS-CoV-2 (Covid-19).
Já o 54/20 prevê a possibilidade de ampliação do prazo de cessão, previsto originariamente no texto legal, permitindo a continuidade do projeto Hotel-Escola de Guaramiranga.

De volta às atividades presenciais, Sarto afirma que Fortaleza precisa seguir em frente e ampliar conquistas

O candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, José Sarto, participou, na noite desta quinta-feira (22), da primeira atividade presencial de campanha após testar negativo para Covid-19. Durante encontro temático sobre juventude, no Comitê Central, no Cocó, ele agradeceu por todo o carinho e solidariedade que recebeu nos últimos dias e também comemorou o desempenho nas pesquisas de intenção de voto, que indicam a receptividade cada vez maior dos fortalezenses. 
“Agora vamos crescer mais ainda, porque esse time que está aqui é um time que tem propostas, que tem tolerância, respeito, projeto, humildade. Um time que não quer Fortaleza como troféu. Esse time que está aqui sabe, conhece, sente Fortaleza”, discursou. 
Sob aplausos, Sarto comemorou que está de volta e afirmou que Fortaleza não vai parar e que trabalhará junto com a população para construir uma Fortaleza cada vez melhor. “As pessoas estão começando agora a perceber que não podemos jamais dar um passo atrás, nem um salto no escuro. A gente precisa seguir em frente, a gente precisa ampliar as conquistas”, enfatizou. 
O candidato agradeceu ainda ao prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), e ao candidato a vice-prefeito, Élcio Batista (PSB), que vinham conduzindo as atividades de campanha, enquanto se recuperava da Covid-19. Ele enalteceu a aprovação do projeto que vem sendo conduzido pelo prefeito na Capital. 
“Volto com muita alegria, pelo sentimento que eu vejo nas ruas. Tenho acompanhado nas redes sociais e visto o brilho no olho, a receptividade que tem o Élcio junto com o prefeito Roberto Cláudio, que têm liderado esse processo muito brilhantemente. E eu fico muito alegre, porque o prefeito Roberto Cláudio está sendo reconhecido”, disse Sarto, registrando o carinho com que é conduzida a gestão. 
Propostas para a juventude
W Durante a conversa com a juventude, Sarto propôs a criação do Programa Juventude Digital. “Nós vamos pegar essa galera toda que gosta de tecnologia da informação e vamos, em quatro anos, capacitar, dar condições de formar 50 mil jovens para serem agentes de tecnologia, para serem programadores, para terem nível de emprego melhor para o mercado local, nacional e internacional”, detalhou. 
O pedetista, também, afirmou compromisso com a ampliação da Rede Cuca, das Areninhas e da Escola Areninha. Sobre este último projeto, Sarto disse que será um diferencial, ofertando contraturno escolar às crianças da comunidade. “O público que vai usar a Areninha vai ter a oportunidade de fazer um programa de contraturno, com tempo integral. Serão 100 novas escolas Areninhas. É um projeto bem ousado, mas eu sei como fazer, o que fazer, e quando fazer”, assegurou.
Sarto

INFORMATIVO "REDE MOELETRO"

 




ACOPIARA > CEARÁ > INFORMATIVO DO SUPER ALBUQUERQUE!!!TRÊS DIAS DE OFERTAS IMBATÍVEIS!!!!

 




Brasil é o país com menor valorização dos professores, aponta estudo

O Brasil é o país onde os professores têm menor prestígio na sociedade. A profissão é vista como sendo desrespeitada e mal paga.
O estudo foi feito pela Varkey Foundation, organização educacional, para avaliar a percepção da população de 35 países sobre a carreira docente. O levantamento considera como os professores são avaliados em relação a outras profissões e percepções implícitas e explícitas.
Na comparação com profissionais de outras áreas, os brasileiros são os que pior avaliam os professores. Em uma escala de 0 a 14 para indicar o status da carreira docente, o Brasil tem nota 5. Na China, a nota é 9. Nos lugares em que os alunos têm melhor desempenho escolar, há maior prestígio.
"Existem muitas razões para explicar porque o status do professor é tão baixo no Brasil. Salário é apenas uma peça de um grande e complexo quebra-cabeça", diz a fundação.
Para a avaliação sobre a percepção implícita, a pesquisa pediu aos entrevistados para que respondessem para escolher uma palavra que associam mais à condição do professor. As palavras apareciam em pares, por exemplo, confiável/não confiável, bem/mal pago, trabalha muito/pouco, muito/pouco inteligente.
Nesse tipo de avaliação, o Brasil aparece em 25º lugar, à frente de países como Espanha, Colômbia, Argentina, Chile. "Em geral, encontramos que os professores têm baixo status em toda a América Latina, abaixo do restante do mundo."
A pesquisa foi feita com 42 mil pessoas nos 35 países, em cada local foram 1.200 entrevistados, sendo 200 deles professores. O levantamento busca identificar os fatores que podem melhorar o prestígio da profissão.
"Descobrimos que há uma correlação moderada entre como as pessoas avaliam o salário dos professores em seu país e o quanto os respeitam", diz o relatório. Gana e Uganda, por exemplo, estão entre as cinco nações em que a percepção é mais positiva.
Uma das correlações encontradas é de que os professores são mais mal avaliados em países em que a profissão é mais fortemente ocupada por mulheres. No Brasil, 64,3% dos professores de ensino médio são do sexo feminino - a proporção é ainda maior nos anos iniciais e na educação infantil.
"Estereótipos de gênero ou sexismo prejudicam o status do professor. Essa descoberta coincide com o que outros estudos já mostraram, que o status das profissões e o valor médio dos salários tende a cair em áreas que são mais ocupadas por mulheres". O levantamento não encontrou diferenças significantes entre escolas públicas e privadas.
O relatório destaca que aumentar o prestígio e garantir mais respeito aos professores é importante para melhorar o desempenho dos alunos e para que permaneçam na escola. "Se o professor é visto como alguém respeitado e valorizado pela sociedade, isso se reflete em sala de aula".
Fonte: O Tempo

Candidatos de 18 municípios do Ceará estão na mira do Ministério Público por aglomeração

Após quase um mês do início da campanha eleitoral, os desrespeito às regras sanitárias em eventos políticos eleitorais continuam ocorrendo com frequência no interior do Estado. A principal ocorrência é de aglomeração, proibida pelo decreto estadual em vigor, bem como a realização de eventos em locais fechados com mais de 100 pessoas e em lugares abertos com número superior a 200 para controlar a propagação de casos do novo coronavírus. Apesar dos vários casos de aglomerações em atos de ruas, até o momento, o Ministério Público do Ceará (MPCE) abriu procedimentos em 18 municípios para coibir os descumprimento das normas durante a disputa nas cidades. Entre eles, estão: General Sampaio, Pedra Branca, Araripe, Viçosa do Ceará, Orós, Icó e Quixadá.
O levantamento foi feito pelo Sistema Verdes Mares (SVM) com base nas notícias publicadas no site do MPCE. A quantidade de ações abertas contra candidatos ou partidos por descumprimento das regras sanitárias, no entanto, pode ser maior, já que, segundo a assessoria do órgão, algum promotor pode ter aberto procedimento e não informado ao setor.
Em oito dos 18 municípios que registraram aglomerações, o MPCE e a Justiça Eleitoral chegaram a firmar acordos com dirigentes partidários e com os candidatos para que não fossem realizados qualquer tipo de evento que pudesse reunir multidões. Todavia, os tratados foram descumpridos por postulantes em: Potengi, Iguatu, Boa Viagem, Novas Russas, Mauriti, Guaraciaba do Norte, Itapipoca e Tururu.
Em Viçosa do Ceará, a situação já foi mais inusitada. Partidos e candidatos se recusaram a firmar termo de Ajustamento para evitar atos que pudessem provocar aglomerações. O Ministério Público ingressou com uma ação para que os postulantes da situação e oposição se privassem de fazer qualquer evento na rua que desobedecesse o decreto estadual, mas mesmo houve registro de multidões em atos de campanha. Lá, a Justiça Eleitoral determinou a aplicação de multa no valor de R$ 100 mil aos partidos e candidatos que compõem as chapas envolvidas nos descumprimentos.
Em outras cidades, a Justiça Eleitoral também determinou a aplicação de multa aos concorrentes e coligações em caso de reincidência.
No entanto, em Nova Russas, apenas após reincidência no descumprimento das regras sanitárias, a Justiça Eleitoral proibiu eventos de campanha que estivessem desacordo com o decreto estadual.
Lá, uma coligação chegou a assinar acordo e, mesmo assim, realizou ato em descumprimento às regras de Saúde. Depois disso, a Justiça Eleitoral proibiu a chapa de realizar eventos em desacordo com as regras, sob pena de multa de R$ 50 mil para cada candidato e partido. Além disso, foi determinado a abertura de um termo circunstanciado de ocorrência para apurar o crime de desobediência eleitoral.
Até o momento, o número de municípios com proibição judicial para realizar eventos que possam descumprir as regras sanitárias chega 14 - apenas em quatro cidades as determinações foram proferidas antes de aglomerações serem registradas.
Desobediência
A Justiça Eleitoral trata como "crime de desobediência" a recusa dos candidatos de seguir as medidas sanitárias previstas nos decretos municipais, estaduais e federais.
O desembargador Inácio de Alencar Cortez Neto, corregedor e vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), expediu ofício-circular, na semana passada, para os juízes eleitorais com orientações sobre atos de campanha que desrespeitam normas.
A Corte, inclusive, recomenda que os magistrados usem seu poder de polícia para impedir a realização de atos que possam desobedecer às regras. Inclusive, eles podem enviar equipes para fiscalizar e, caso identifiquem algum infração sanitária no evento, podem acionar as Polícia Militar e Civil, bem como órgãos de trânsitos municipais, para interromper o ato.
No último domingo (18), o juíz eleitoral de Pacatuba determinou que uma equipe da zona fossem fiscalizar uma carreata, para interrompê-la em caso de aglomerações.
Apesar da recorrência em algumas cidades, em outros 41 municípios cearenses a Justiça Eleitoral e o MPCE conseguiram fazer acordos que até o momento não foram descumpridos - pelo menos ainda não há notificação do Ministério Público publicada no site do órgão.
Medidas contra Covid-19
A pandemia de Covid-19, provocada pelo novo coronavírus, fez com que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) adotasse uma série de medidas para preservar a saúde dos eleitores, mesários e candidatos das eleições adiadas para os dias 15 e 29 de novembro.
Além da máscara, é recomendado ao eleitor levar sua própria caneta para assinar o caderno de votação. A Justiça Eleitoral sugere ainda que o eleitor não esteja com crianças ou outros acompanhantes no local de votação. Não será permitido comer, beber ou fazer qualquer atividade que exija a retirada da máscara.
Eleitores ou mesários que estiverem com febre ou que tenham testado positivo nos últimos 14 dias anteriores à data da eleição deverão permanecer em casa.
Fonte: Diário do Nordeste

Altaneira registra maior chuva do Ceará das últimas 24 horas; confira os índices



Cerca de 25 municípios cearenses registraram chuva entre às 7h de quinta (22) e às 7h de sexta-feira (23). Destes, nove municípios são da região do Cariri. O destaque da vez foi Altaneira, que registrou a maior chuva do Estado, com 34 milímetros (mm).
Além de Altaneira, registraram chuva: Missão Velha, Juazeiro do Norte, Assaré, Milagres, Barbalha, Crato, Porteiras e Jati. Confira os índices completos:

Altaneira – 34 milímetros (mm);
Missão Velha – 21 milímetros (mm);
Juazeiro do Norte – 14 milímetros (mm);
Assaré – 13 milímetros (mm);
Milagres – 7 milímetros (mm);
Barbalha – 6 milímetros (mm);
Crato – 5 milímetros (mm);
Porteiras – 3 milímetros (mm);
Jati – 1 milímetro (mm);
Por Sarah Gomes
Miséria.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...