Cinco municípios cancelam festa de carnaval devido paralisação da PM

22/02/2020 > SÁBADO
Pelo menos cinco municípios cancelaram as comemorações de Carnaval deste ano alegando impossibilidade de garantir a segurança do evento. As cidades de Paracuru, Milagres, Canindé, Paraipaba e Forquilha, que haviam anunciado programação de Carnaval, informaram, por meio de notas divulgadas na manhã desta sexta-feira (21), que não realizarão a festa por conta das paralisações, atos e motins de policiais militares no Estado.
Outros municípios do interior, como Aracati, São Benedito e Ipu, contrataram seguranças particulares para garantir o bem-estar dos foliões durante a programação do evento. 
Milagres
“Em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo a Segurança Pública, onde foi deflagrado movimento grevista por parte da Polícia Militar, ainda, diversas ações criminosas contra o patrimônio público e privado, o Governo Municipal de Milagres, primando pelo bem estar e segurança da população, resolve cancelar o evento carnavalesco”, informou a prefeitura.
O evento seria realizado nas dependências do Parque de Eventos Manoel Galego. Ainda segundo a nota, “a medida é tomada com base nas informações que chegam a todos os municípios, orientando pela abstenção da realização de eventos em que ocorram grandes aglomerações de foliões, diante o total clima de insegurança vivenciado pela população cearense”.
Paracuru
Também por nota, a Prefeitura de Paracuru, no litoral cearense, comunicou o cancelamento da festividade. O prefeito da cidade, Eliabe Albuquerque, informou que a decisão “foi difícil” de ser tomada, mas necessária. “Avaliei o momento com toda a cautela e, em nome da segurança, não só dos nossos cidadãos como dos visitantes, cheguei à conclusão de que devíamos cancelar as festividades previstas”, ressaltou o representante. 
Segundo o gestor, mesmo com o cancelamento, será mantida a estrutura necessária na saúde, infraestrutura e blitz educativa na entrada da cidade. As ações devem se estender nas manhãs do sábado (22) e deste domingo (23). O valor da verba que seria destinado ao carnaval em Paracuru será doado para a Secretaria da Saúde do Estado.“Informamos que o Carnaval 2020 de Paracuru foi cancelado, devido a impossibilidade de garantir a segurança adequada aos foliões, tendo em vista a paralisação da PMCE (Polícia Militar do Ceará). Contamos com a compreensão de todos”, diz a nota.  
Paraipaba
Em nota oficial, a gestão de Paraipaba alegou a busca para “garantir tranquilidade, o bem-estar e a segurança de todos os foliões”. Segundo a nota, “todos os recursos financeiros, que seriam investidos no evento, serão destinados para a saúde“. 
Cancelamento
Ainda na quarta-feira (19), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) negou uma suposta determinação do Governador do Ceará, Camilo Santana (PT), cancelando as festividades de Carnaval em Fortaleza e no interior do Estado. A falsa nota atribuia o cancelamento das festividades às manifestações de militares.
Nesta quinta-feira, houve a autorização para a GLO (Garantia da Lei e da Ordem), pelo presidente Jair Bolsonaro, atendendo a um pedido do governador Camilo Santana. Com isso, militares do Exército já começaram a atuar nas ruas do Ceará.

Policiais devem ceder e encerrar motim, defendem senadores

Em busca de diálogo para tentar colocar um fim aos motins de policiais militares (PMs) no Ceará, os senadores Major Olímpio (PSL-SP), Eduardo Girão (Podemos) e Elmano Férrer (Podemos-PI), que estiveram em comitiva no Estado desde a última quinta (20), defenderam, nesta sexta-feira (21), que a melhor solução para os PMs seria que os agentes cedessem, aceitando os termos do governador Camilo Santana (PT) e encerrando os motins.
Eles chegaram a esse entendimento após avaliarem os dados financeiros do Estado, a proposta de Camilo e tentarem dialogar com soldados e cabos amotinados no 18º Batalhão da Polícia Militar, no bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza. Para eles, é melhor parar os atos e evitar que mais militares sofram processos que podem levar à demissão por seus atos.
No mesmo dia em que os parlamentares de outros estados chegaram ao Ceará, a comitiva se encontrou com o senadores Tasso Jereissati (PSDB) e Prisco Bezerra (PDT), suplente em exercício de Cid Gomes (PDT), para irem ao Palácio da Abolição. Após se reunirem com o governador, a comitiva foi tentar abrir o diálogo com a categoria no 18º Batalhão, levando a proposta do governador de não investigar os agentes que ainda não haviam sido identificados, caso os motins encerrassem. A oferta, no entanto, foi rejeitada.
Os policiais amotinados querem um reajuste salarial maior do que o apresentado pelo governador à Assembleia Legislativa, após acordo com representantes da categoria, e a anistia de todos os policiais paralisados. Camilo, no entanto, reforçou que não há como conceder uma correção maior e rejeitou a possibilidade de anistia.
Depois das negativas dos agentes à proposta do Executivo levada pela comitiva, Major Olímpio, Eduardo Girão e Tasso Jereissati foram nesta sexta ao Comando da 10º Região Militar, no Centro, para se reunir com o general Cunha Mattos e saber como funcionará a operação das Forças Armadas no Estado, autorizada pelo presidente Jair Bolsonaro, ainda na última quinta (20).
A Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi autorizada pelo presidente com a intensificação da crise na Segurança após o senador licenciado Cid Gomes ser atingido por dois tiros ao tentar entrar, em uma retroescavadeira, num quartel da PM que estava tomado por policiais, em Sobral.
Para o senador Elmano Férrer (Podemos-PI), os policiais paralisados não estão abertos ao diálogo e o governador precisa manter “pulso firme” em não conceder anistia aos agentes que estão descumprindo a Constituição. Ele ressaltou que ficou “deprimido como homem público” com o que viu no 18º Batalhão e argumentou que os atos para aterrorizar a cidade tiram o respaldo da categoria.
“(Vi) uma fila de carros abandonados, pneus vazios, militares encapuzados, tomando cerveja e adentramos a Instituição. O que me chocou é que os líderes do movimento são praças expulsos da corporação. Estamos diante de um esfacelamento”, ressaltou, se referindo a políticos que estão atuando como representantes dos PMs. No local, estavam presentes o deputado federal Capitão Wagner (Pros) e o ex-deputado federal Cabo Sabino, que tem se colocado publicamente como porta-voz da categoria.
O senador Major Olímpio também concordou com o posicionamento do governador em não perdoar as ações dos amotinados. Para ele, uma atitude diferente poderia estimular ações em outros estados. “Não deve haver anistia num caso como esse. Se tiver anistia, você estimula isso em todos os estados. Não acho que seja correto”, pontuou.
Eduardo Girão, por sua vez, informou que os senadores tentaram orientar os policiais a encerrarem os atos, para evitar uma situação drástica. “Mas os canais de diálogo estão fechados”, ressaltou.
Estímulos
O senador Major Olímpio destacou, ainda, que percebeu estímulos entre poucos praças e lideranças políticas para a paralisação continuar “o máximo possível”.
“Há estímulo para que se prolongue ao máximo o movimento. Nosso encarecimento foi que fizessem uma reflexão porque cada hora deles parados dá sentimento de tranquilidade para a criminalidade. Eu, como policial veterano, jamais teria a consciência tranquila se eu fosse lá e estimulasse a continuação do movimento”, acrescentou.
Para Olímpio, a negociação cabe ao governador do Estado, e não a deputados e senadores. Ele destacou que o papel dos parlamentares é apenas de intermediar o diálogo, mas não o de impôr ou falar como representantes das categorias. “Nós não temos legitimidade nem pelas lideranças e nem pelo Governo. O nosso papel é ouvir, aconselhar quando possível”, reitera.
Negociações
Apesar de a GLO estar em vigor, o senador Tasso Jereissati informou que as tropas das Forças Armadas não irão forçar a retirada dos PMs amotinados em batalhões. As negociações devem continuar sendo feitas, entre o Governo do Estado e os policiais, paralelamente à atuação do Exército.
O objetivo é que as tropas atuem como reforço na Segurança Pública do Estado, principalmente em Fortaleza, na Região Metropolitana e em Sobral. Cerca de 2.500 homens do Exército farão o patrulhamento ostensivo somente na capital cearense. Além deste efetivo, haverá ainda 6 mil agentes da Polícia Militar e 150 da Força Nacional.
Sem previsão de alta hospitalar para Cid
Internado em um hospital de Fortaleza, desde a última quinta-feira, o senador licenciado Cid Gomes (PDT) ainda não tem previsão de receber alta hospitalar. Ele foi atingido por dois tiros de pistola .40, na última quarta (19), ao tentar entrar, dirigindo uma retroescavadeira, num quartel da Polícia Militar dominado por agentes amotinados. Naquele dia, o pedetista convocou uma caminhada ao Centro da cidade e ao quartel para tentar acabar com o motim. Ele decidiu ir até Sobral após saber que PMs mascarados mandaram comerciantes fechar as portas e policiais abandonarem as viaturas.
Depois de ser atingido, o senador recebeu os primeiros atendimentos no Hospital do Coração, em Sobral e, posteriormente, foi transferido para um hospital particular de Fortaleza. Ele está sob os cuidados de uma equipe comandada pelo secretário da Saúde, Dr. Cabeto.
Conforme boletim médico divulgado na sexta, Cid teve um trauma toráxico por arma de fogo, que ocasionou perfuração do hemotórax esquerdo, lesão pulmonar e pneumotórax hipertensivo. Ele está com uma drenagem na pleura e passando por fisioterapia respiratória e uso de antibióticos para restabelecer a função pulmonar. Devido ao processo de reabilitação, Cid Gomes está com visitas restritas. O boletim médico, no entanto, reforça que o senador está com quadro de saúde estável e sem risco de vida.
Segurança privada
O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), anunciou, nesta sexta, a contratação de 100 seguranças privados para a terça (25) de Carnaval. Ele também autorizou o pagamento de hora extra à Guarda Municipal.
Contingente para Sobral
Ivo afirmou, ainda, que pediu ao secretário da Casa Civil, Élcio Batista, um contingente do Exército e da Força Nacional. Segundo ele, não há registro de ocorrências graves, mas há uma “estratégia de difusão de boatos”.
Fonte: Diário do Nordeste

Amotinados no interior do Ceará agem sob orientação de líderes políticos, apontam diálogos


A meia-noite de quinta para sexta-feira foi a tentativa de "virar o jogo" para os policiais amotinados em Sobral: era a tomada do Batalhão do Raio e da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), o mesmo local em que, 12 horas antes, Cid Gomes era retirado em uma ambulância para um helicóptero rumo a Fortaleza. Os tiros contra o senador em sua cidade natal e a consequente repercussão foram um banho de água fria na tomada do 3º BPM em Sobral na noite de quarta-feira (19). A coisa "pegou mal" entre os manifestantes, não tanto pelos tiros, segundo eles, que alegaram "legítima defesa à injusta agressão" - sendo esta a invasão com trator para cima do quartel - mas porque tinham certeza de que haveria uma retomada. "É melhor sair e reorganizar do que ser preso", admitiu um PM.
A falta de consenso já tinha começado horas antes, quando da orientação de fechar o comércio em Sobral. "Isso aí foram ovelhas desgarradas, atitude de uns dois ou três", afirma o vereador Sargento Ailton. Imagens, no entanto, mostram que não havia menos de nove encapuzados em três viaturas. Isto é quase metade do total de amotinados no Batalhão do Raio às 7h de ontem, horário em que tivemos autorização para entrar na ocupação.
Procedimento
Já circulava na madrugada imagens da "tomada do Batalhão do Raio". Internamente, militares admitiram que em 2011/2012, anos da última greve dos PMs, igual procedimento ocorreu. Mas na época não tinha WhatsApp nos celulares. Para construir a própria narrativa, os militares filmam as adesões para demonstrar força, mesmo quando a realidade é menos favorável do que parece na cidade que se dividiu entre tiros e um trator.
-Sargento, tem um rapaz no portão.
-Veja lá e me diz.
O rapaz trazia sacos com garrafas com água. O controle da entrada no Batalhão é feito por pelo menos dois homens. Um buraco de 15 centímetros de diâmetro no portão de trilhos garante que se veja qualquer veículo que surja na rua sem saída. Um dos poucos sem balaclava, Ailton, sargento e vereador, assume o posto de articulação local. Não sai do celular. "Não param de chegar mensagens", comenta. Militares amotinados confirmam que ele faz a linha direta com Capitão Wagner, deputado Noélio e Sargento Reginauro, dentre outras lideranças. Pelo celular, informam-se não apenas sobre como estão as negociações, mas até mesmo o próximo passo. Ocupar o BPRaio foi um deles.
Assumidamente um articulador no protesto local, Sargento Ailton não esconde a Satisfação do ato de resistência em Sobral, pós-atentado. "É simbólico tomar o Batalhão do Raio e Ciopaer", justifica para alguém do outro lado da linha. A maioria dos ocupantes é do Policiamento Ostensivo Geral (POG), mas, pela manhã, começam a chegar alguns do Raio.
Jovens
São jovens, com 20 anos ou pouco mais. A maioria vestia preto, mesma cor dos óculos, bonés e balaclavas que usam para não ser identificados e punidos. "A Constituição veda que a gente busca direitos como trabalhadores. Usamos por isso, não somos bandidos", enfatiza um dos amotinados que aceita gravar entrevista, buscando fazer distinção dos "bandidos", embora estes também se encapuzem para não ser identificados. E segue: "a gente só quer anistia e o reajuste da inflação".
Acham melhor cortar essa parte da fala, pra não ficar diferente do que pense o Capitão Wagner - até ali não havia qualquer receio de admitir que o homem que senta à mesa de negociação com o Governo do Estado é um dos que, "em defesa da nossa categoria", orienta também o motim. Por volta de 9 horas, aparecem esposas e namoradas dos amotinados. Já chegam sabendo que vão passar o restante do dia, por isso trazem alguns mantimentos para o grupo. Outros chegam com demais policiais. Numa mesa, várias mochilas. Noutra, três garrafas de café e cinco sacos de pão. Na cozinha, garrafas d'água na geladeira, uma pia e um fogão onde completam o café com ovos mexidos.
No pátio, acompanham pelos telejornais a repercussão dos atos no Estado. Reclamam quando o âncora da TV usa uma expressão que não lhes agrada, como dizer que invadiram o quartel ou furaram pneus. Mas evitam comentar quando imagens mostram os manifestantes agindo de forma truculenta contra uma viatura da Polícia Civil.
A conta de viaturas com pneus esvaziados vai aumentando aos poucos quando chegam mais PMs para aderir. Não muitos. Alguns começam a ficar apreensivos porque esperavam que houvesse mais. E seguem as convocações pelo celular. O vereador Sargento Ailton grava um vídeo com o celular, encerrando com os amotinados ao fundo em coro: "vem, vem, vem". Tentam que a mensagem chegue a mais soldados, em parte desistentes das paralisações desde o episódio com Cid Gomes.
Por volta de 8h30, militares conversam sobre apreensão de que as forças policiais queiram retomar o Batalhão, algo que talvez não fosse muito difícil se soubessem que não havia muito mais de 20 homens aquartelados. "Passou um carro ali e ficou olhando", disse um amotinado, suspeitando que estão sendo vigiados.
"Acho que já está bom, né", um soldado diz para o vereador Sargento Ailton sobre nossa presença. Fomos bem tratados, mas a avaliação foi de que já estava na hora de sair. "É um pessoal jovem, cabeças diferentes, então é delicado", explica o vereador sobre os soldados, uma hora antes de ser comunicado que a sua situação no partido Solidariedade estava insustentável. "É inadmissível que um membro de nosso partido participe de ações que obriguem comerciantes a fecharem suas portas e acabe em um senador baleado", diz o partido em nota. "Me fizeram um favor", diz o vereador, agora sem partido.
Já em número maior que 40, os amotinados vão passar a primeira noite no Batalhão do Raio em Sobral. Aguardando de seus líderes políticos o próximo passo.
Fonte: Diário do Nordeste

ACOPIARA -CE > CHOVE BEM NA TERRA DO LAVRADOR

Choveu 19 mm nas primeiras horas de hoje na terra do lavrador. O tempo é instável podendo ocorrer precipitações no decorrer do dia.

Carnaval deve ter chuvas isoladas em todas as regiões, segundo a Funceme

O Ciclo Carnavalesco começa nesta sexta-feira (21) no Ceará e, durante o período que segue até a próxima terça-feira (25), os foliões devem estar preparados para a chuva. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a previsão é de precipitações isoladas em todas as regiões cearenses.
O céu fica nublado, com eventos de chuva, principalmente a região Sul e no Vale do Jaguaribe. Já o Centro-sul, que contempla os municípios de Iguatu, Icó e Várzea Alegre, devem ficar debaixo de chuva. No sábado (22), o predomínio é de nebulosidade variável, com eventos de chuva em todas as regiões. O Noroeste e parte do Litoral devem receber uma maior quantidade de chuvas. 
A previsão se repete no domingo (23), com eventos de chuva no Cariri, na Ibiapaba e no litoral Norte, que engloba Camocim, Trairi e Jijoca de Jericoacoara. "Domingo as chuvas continuam de forma mais isolada. Os volumes apresentados devem ser um pouco menores, assim como na segunda-feira", ressalta a gerente de Meteorologia da Funceme, Meire Sakamato.
Segunda-feira
No penúltimo dia de folia, segunda-feira (24), há uma condição favorável para chuvas em todo o Estado. Na terça-feira (25), há um indicativo de um volume maior de chuvas. "A faixa litorânea pode receber mais chuvas na terça. As precipitações se concentram entre madrugada ou manhã. Então mesmo tendo chuva, quase sempre vai ser possível curtir a praia durante a tarde, porque as chuvas tendem a cessar", afirma Sakamato.
DN

EM VÍDEO AULA NO YOUTUBE CAPITÃO VAGNER DIZ QUE GREVE DE MILITAR É TRANSGRESSÃO GRAVE

ACOPIARA > CE > LAMENTAMOS INFORMAR O FALECIMENTO DE EMÍDIO ALVES ALMEIDA OCORRIDO NA CAPITAL CEARENSE, NA MADRUGADA DE HOJE!!!

22/02/2020 > SÁBADO
O blog registra com pesar o falecimento do ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Acopiara, Emídio José Almeida Neto, ocorrido nos primeiros minutos de hoje (22).
Emídio morreu vítima de problemas de saúde. Ele é irmão do atual prefeito de Acopiara, Antônio Almeida Neto.
O corpo de Emídio deve ser velado na Câmara Municipal. A família ainda não se manifestou a respeito do horário do sepultamento. Pêsames!
A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up
Aguarde mais informações...

AL/CE > SARTO COMEMORA 364 INSCRIÇÕES NO FESTIVAL DE MÚSICA DA ASSEMBLÉIA!!

21/02/2020 > SEXTA-FEIRA
Image
O Presidente da Assembléia Legislativa do Ceará deputado José Sarto (PDT), comemorou nesta sexta-feira (21) as 364 canções inscritas no II Festival de Música da Casa. As inscrições se encerraram nesta quinta-feira (20) e a lista de 24 canções selecionadas será divulgada dia 04 de março.
Para Sarto, o elevado número de inscrições expressa o potencial do festival para revelar talentos e sinaliza a contribuição para a cena cultural do nosso Estado. O "Festival vai estimular o artista cearense a produzir e apresentar suas canções. O nosso Estado é conhecido no país por ser um celeiro de talentos. Tenho certeza que o Festival vai abrir muitas portas, que vamos descobrir grandes nomes que vão fazer muito sucesso" Afirmou José Sarto. 
As 24 canções selecionadas contarão com uma banda base para a preparação de arranjos e ensaios entre os dias 09 e 20 de março. Os espetáculos ocorrerão nas noites dos dias 26, 27 e 28 do mesmo mês no auditório do prédio anexo da Assembléia Legislativa, que tem capacidade para 600 pessoas. TV Assembléia, Rádio e redes sociais da casa farão transmissões e divulgação. O Festival concederá R$ 25.00 mil para a canção vencedora, R$ 15 mil para a segunda colocada e R$ 7 mil para a terceira. O melhor intérprete ganhará o prêmio de 5 mil. A ideia é gravar CD e DVD reunindo as 12 canções finalistas.
Assessoria do Presidente da AL/CE
Deputado José Sarto
Para o blog do Carlos Dehon
WWW,CARLOSDEHON.COM

Presidente Antônio Henrique lamenta atos de vandalismo durante manifestação de policiais militares

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Antônio Henrique (PDT), expressou preocupação com os atos de vandalismo praticados durante a paralisação de parte dos policiais militares do Ceará. Em pronunciamento na sessão plenária desta quinta-feira (20), o vereador destacou a atuação do Governo do Estado e da Assembleia Legislativa na tentativa de estabelecer diálogo com a categoria e chegar a um acordo com os representantes das associações de policiais e bombeiros militares.
“Estamos aqui sem saber o que está acontecendo nas ruas e nas cidades do interior do Estado. Por que os homens que deveriam estar proporcionando a segurança do nosso povo estão ameaçando os cidadãos?”, questionou.
Antônio Henrique lamentou a situação enfrentada pela população no município de Sobral, na última quarta-feira (20), em que comerciantes foram coagidos por pessoas mascaradas e armadas a fechar os seus estabelecimentos. “Homens encapuzados, que dizem ser policiais, usam a prerrogativa da farda que veste para mandar o cidadão de bem, que está a ali para ganhar o sustento de sua casa, a fechar o seu negócio”, criticou.

PRF inicia a Operação Carnaval 2020

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) começou, a 0h desta sexta-feira (21), a Operação Carnaval 2020, que continua até às 23h59 de Quarta-feira de Cinzas (26). Com seis dias de Operação, o foco é intensificação das fiscalizações nas rodovias federais a fim de reduzir a violência dos acidentes de trânsito. 
A Operação Carnaval 2020 é parte integrante da Operação RodoVida, que teve início no dia 20 de dezembro de 2019 e segue até o dia 1ª de março de 2020, abrangendo as festividades de fim de ano, férias escolares e o carnaval

Bancos fecham na segunda e terça-feira de carnaval

Os bancos vão ficar fechados na próxima segunda e terça-feira de carnaval. Na Quarta-feira de Cinzas (26/02) o início do expediente será às 12h, no horário local, com encerramento em horário normal de fechamento das agências, segundo informações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).
Nas localidades em que as agências fecham normalmente antes das 15h, o início do atendimento ao público será antecipado, de modo a garantir o mínimo de 3 horas de funcionamento.
A Febraban orienta os clientes a utilizarem os canais digitais, como sites e aplicativo dos bancos, para a realização de transferências e pagamento de contas nos dias em que não houver expediente bancário nas agências.
As contas de consumo (água, energia, telefone etc.) e carnês com vencimento em 24 ou 25 de fevereiro poderão ser pagos, sem acréscimo, na quarta-feira (26). Normalmente, os tributos já vêm com datas ajustadas ao calendário de feriados nacionais, estaduais e municipais. Caso isso não tenha ocorrido no documento de arrecadação, a sugestão da Febraban é antecipar o pagamento ou, no caso dos títulos que têm código de barras, agendar o pagamento nos caixas eletrônicos, internet banking e pelo atendimento telefônico dos bancos.
Os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser pagos via DDA (Débito Direto Autorizado).
(Agência Brasil)

Leônidas diz que Cid é símbolo da resistência aos que desonram a gloriosa corporação

O deputado federal Leônidas Cristino manifestou-se solidário ao senador Cid Gomes, “criminosamente alvejado com arma de fogo na tarde dessa quarta-feira em Sobral. Na defesa do nosso povo e do nosso município, enfrentou corajosamente policiais ilegalmente amotinados”, afirmou.
Para Leônidas Cristino, “a atitude destemida de Cid Gomes é um símbolo da disposição dos sobralenses e de todos os cearenses de bem de resistirem àqueles que desonram a gloriosa corporação, afrontam o Estado e insistem em atentar contra a liberdade da população e a ordem pública à qual juraram e têm o dever de zelar e defender”.
Na atitude de Cid o deputado vê “um gesto de patriotismo e bravura de um homem público consciente das suas responsabilidades cívicas numa conjuntura anormal em que, lastimavelmente, o estímulo à violência e o desprezo às instituições partem daqueles que têm a missão principal de promover a harmonia e assegurar a integridade institucional”.
Finalizando, Leônidas Cristino pede “que este crime inadmissível, que escandaliza o Brasil e o mundo civilizado, seja rapidamente apurado e seus autores punidos com o rigor da lei”.
ROBERTO MOREIRA

Após atuação do MPCE, Justiça afasta vice-prefeito de Apuiarés



O juiz de Direito, Caio Lima Barroso, determinou o afastamento imediato de Antônio Abidias Ferreira de Abreu do cargo de vice-prefeito de Apuiarés pelo prazo de 180 dias ou até o encerramento da instrução processual, em decisão interlocutória. A condenação atende ao requerimento feito em 17 de dezembro de 2019 pelo Ministério Público do Ceará (MPCE), por meio do promotor de Justiça da Comarca vinculada de Apuiarés, Jairo Pequeno Neto, em razão de atos de improbidade administrativa ocorridos na época em que o vice-prefeito assumiu interinamente a função de gestor municipal de Apuiarés.
A decisão também proíbe Abidias e o seu ex-chefe de gabinete, Raimundo Nonato Alves Soares, conhecido como Edmundo, de ingressarem em qualquer prédio que abrigue a sede da Prefeitura Municipal de Apuiarés, suas secretarias e a comissão de licitação, assim como indisponibiliza os bens em nome dos dois agentes públicos. O promotor de Justiça Jairo Pequeno Neto defendeu que “o afastamento cautelar não ofende a vontade popular que elegeu o titular de mandato político, mas antes vai ao encontro do interesse coletivo que possui maior dimensão que o privado e dos princípios basilares da administração pública”, declarou.
ROBERTO MOREIRA

Deputado Heitor Freire usa PSL para hospedar corruptos e passa a atacar prefeitos que não fecham com ele Eu

O deputado Heitor Freire, PSL, foi expulso da base do governo Bolsonaro, acusado de ter gravado conversa confidencial e entregue aos adversários. Não consegue nada nos ministérios. Seu mandato praticamente acabou como agente público que traria recursos para o governo do estado e municípios cearenses. 
Mal assessorado, Heitor Freire, partiu para uma nova fase: se alia ao que existe de pior na política nos municípios e passou a atacar prefeitos que mudaram a história dos seus municípios. Em Pacatuba, por exemplo, Carlomano Marques, matriculou todas as crianças, os índices na educação são os melhores da história do município, na saúde foram implantados equipamentos como postos de saúde e hospital e na segurança pública, os homicídios foram reduzidos em 70%. 
Freire foi inconsequente ao agredir Carlomano e prometeu atacar outros prefeitos decentes. A atitude do parlamentar pode sentenciá-lo a ser deputado de um mandato só. Como está iniciando na política, deve ouvir mais e errar menos. A avaliação é a mesma de colegas que não procuram caminhos para orientá-lo. Era uma boa aposta.
Roberto Moreira

"Anistia de quem fizer motim na polícia é inegociável", afirma Camilo Santana

O governador Camilo Santana disse que propor anistia aos policiais militares amotinados é questão fora de cogitação para o Governo do Estado.
A declaração do governador ocorre depois de os episódios ocorridos na noite de quinta-feira em que, após reunião de um grupo de senadores com representantes dos movimentos, chegou-se a falar na possibilidade.
“Anistia de quem fizer motim na polícia é inegociável”, declarou o governador Camilo Santana em rápido diálogo com esta coluna na manhã desta sexta-feira (21).
A declaração do governador ocorre logo após a reunião de planejamento entre as forças e segurança do Estado e a 10ª Região Militar para definir a estratégia de patrulhamento das ruas.
O foco da operação será Fortaleza e a Região Metropolitana. As forças do Exército aqui no Ceará serão reforçadas por tropas de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.
Fonte: Diário do Nordeste

Legista não encontra sinais de tortura no corpo do ex-PM Adriano

O novo exame do ex-policial militar Adriano da Nóbrega, não apontou sinais evidentes de tortura. A nova perícia aconteceu nesta quinta-feira (20) no IML (Instituto Médico Legal) do Rio de Janeiro.
A informação foi divulgada pelo médico legista Talvane de Moraes, que acompanhou a necrópsia como convidado de dois legistas contratados pela família de Adriano: Francisco Moraes Silva e Ari Fontana, que vieram do Paraná.
"Não [há sinais de tortura]. Que eu tivesse [visto], não", disse o perito. Ele destacou, porém, que os resultados finais vão depender de exames complementares. "Eu não observei isto. Eu fiquei fora, não trabalhei com o corpo, fiquei só observando. A perícia do corpo terminou, mas agora vem o resultado do laboratório para complementar”, acrescentou.
Ex-capitão do Bope, Adriano foi morto no último dia 9 durante uma troca de tiros com policiais na cidade de Esplanada, no interior da Bahia. De acordo com o laudo do primeiro exame realizado, o corpo do ex-PM estava com duas perfurações por arma de fogo: uma entre o pescoço e a clavícula, e outra no tórax.
O novo exame começou às 16h30 e se estendeu até as 21h de ontem. O procedimento foi determinado pelo juiz da comarca de Esplanada (BA), Augusto Yuzo Jouti, que atendeu a pedidos do Ministério Público (MP) da Bahia e da defesa do ex-policial, morto no dia 9 de fevereiro durante confronto com policiais baianos. O laudo do novo exame deve ser apresentado à Justiça baiana em 15 dias.
Além dos peritos do IML do Rio e dos convidados, estiveram presentes duas advogadas da família, uma irmã de Adriano e um representante do MP da Bahia. Ao final do procedimento, com exceção do perito, os demais saíram por uma porta lateral, sem falar com a imprensa.
Fonte: R7

Marinha do Brasil monitora navio russo suspeito de espionagem

A Marinha brasileira monitorou durante uma semana um navio russo de pesquisa e inteligência suspeito de espionagem na Europa e nos Estados Unidos. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (21) pelo jornal O Estado de S.Paulo.
Segundo a reportagem, o sinal de alerta foi aceso no último dia 10, quando o Centro Integrado de Segurança Marítima do Rio de Janeiro detectou o Yantar, uma embarcação de tecnologia avançada de sensores, dentro da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) do Brasil.
Logo após um primeiro contato, o navio sumiu do monitoramento, levantando a hipótese de que o equipamento AIS, que permite a sua localização, tenha sido desligado.
No fim da tarde do domingo (16), diz o jornal, um helicóptero da Marinha e um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) localizaram a embarcação a 50 milhas (80 quilômetros) das praias do Rio. Numa primeira abordagem, a tripulação russa não atendeu às chamadas. Depois, deu resposta evasiva à pergunta sobre o trabalho que realizava. O barco, nesse momento, já estava próximo do litoral fluminense, numa área de cabos submarinos de internet, atracando na noite do dia 18 no porto do Rio, onde deve ficar até o fim de semana.
Um militar consultado pelo Estado disse que o desligamento do sistema de identificação pode envolver tentativas de espionagem ou procedimentos fora da normalidade pelo navio.
Para ele, a navegação do Yantar pela costa brasileira não era ilegal, mas seu “desaparecimento” por seis dias foi considerado estranho.
A embaixada da Rússia no Brasil não se manifestou na quinta-feira (20) sobre a presença do Yantar em águas brasileiras. A Marinha brasileira, por sua vez, informou que não levanta suspeitas. Disse ainda que, na condição de responsável pelo controle do tráfego marítimo, adota procedimentos previstos em normas internacionais de navegação a serem cumpridas pelas autoridades marítimas.
Com sensores de alta tecnologia para rastrear o fundo do mar, o navio oceanográfico Yantar sempre esteve na mira de governos, segundo o jornal O Estado de S.Paulo. Desde seu lançamento, há cinco anos, a Rússia costuma repetir que o navio de 5.700 toneladas e 108 metros atua em pesquisas científicas e em ajuda a outros países.
Entre dezembro de 2017 e abril de 2018, o Yantar atuou nas buscas do submarino ARA San Juan, que desapareceu na costa argentina. Depois, em junho, ao passar pelo Canal da Mancha, a embarcação foi escoltada de forma preventiva pela Força Aérea do Reino Unido e tratada como um “navio espião” pela imprensa londrina. Em novembro de 2019, causou suspeita por desligar o radar no mar do Caribe e na costa dos EUA.
Fonte: R7

Cariri adere à greve da PM e 22 viaturas já estão paradas na CIOPS em Juazeiro


Dólar dispara e passa de R$4,40 pela 1ª vez na história

O dólar avançou contra o real na abertura desta sexta-feira (21), superando a marca de 4,40 reais pela primeira vez na história às vésperas do Carnaval, em meio à aversão a risco no exterior e após comentários do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o câmbio.
Às 9:11, a moeda subiu 0,20%, indo a R$ 4,4002 na venda. Na máxima da manhã, a divisa chegou a tocar 4,4073 reais.
O dólar futuro de maior liquidez registrou alta de 0,11%, a 4,400 reais.
Na véspera, o dólar à vista encerrou na máxima recorde para fechamento de 4,3916, após alta de 0,59%.
O Banco Central ofertará neste pregão até 13 mil contratos de swap cambial tradicional com vencimento em agosto, outubro e dezembro de 2020, para rolagem de contratos já existentes.
Terra
Por Redação
Miséria.com.br

Ceará registra 29 homicídios no período de 24 horas



O estado do Ceará registrou 29 homicídios no período de 24 horas, entre 6h de quarta (19) e o mesmo horário da quinta-feira (20). O número foi divulgado pela assessoria do Governo do Estado.
O dado chama atenção pelo aumento do número de crimes. Conforme a Secretária de Segurança do Estado, a média diária de assassinatos no Ceará, em 2020, é de 6 por dia.
O aumento acontece em meio a um movimento de grupo de policiais militares que reivindicam aumento salarial.
Dia mais violento do ano
Segundo a SSPDS, este ano, o dia com maior número de homicídios foi 18 de janeiro. Foram registrados 17. Já o segundo dia mais violento foi 25 do mesmo mês, com 15 homicídios. Os dias 4 e 17 de janeiro registraram 13 homicídios.
Os dados são atualizados mensalmente, por isso as últimas 24 horas e registros do mês de fevereiro ainda não estão disponíveis para consulta no site da secretaria.
Fonte: Diário do Nordeste

Deputados dizem que não votarão reajuste enquanto houver motim



O agravamento da crise na Segurança Pública no Ceará, com o episódio em que o senador licenciado Cid Gomes (PDT) foi baleado ao tentar intervir em motim dentro de um quartel em Sobral, alterou os ânimos na Assembleia Legislativa do Ceará, onde Cid tem maioria de aliados. Ontem, deputados defenderam não votar a proposta de reajuste no salário de policiais e bombeiros militares, em tramitação na Casa, até que a situação seja normalizada.
O líder no PDT na Assembleia, Guilherme Landim, defendeu que o governador Camilo Santana (PT) recolha a proposta e só reenvie o texto ao Legislativo quando a corporação cessar o motim, dizendo que se recusa a votar a “proposta debaixo de bala”.
“Eu não voto nada nessa Casa enquanto a segurança da população não estiver assegurada. Não votaremos nem esse nem outro projeto pressionados por ninguém”, disse também o deputado Marcos Sobreira (PDT).
A proposta de reajuste começou a tramitar na última terça-feira (18) e o líder do Governo na Assembleia, Júlio César Filho (Cidadania), já havia exposto a previsão de que ela seja votada em plenário até o início de março.
Entre os discursos, foram recorrentes as críticas ao não cumprimento, por parte de policiais e bombeiros, do acordo entre líderes da categoria e o Governo do Estado; e o questionamento: “vamos dialogar com quem?”.
"A proposta protocolada na Assembleia não é a proposta inicial, ela foi negociada e acordada por esses representantes. O Governo vai dialogar com quem se esses foram desautorizados pela própria tropa? Primeiro têm que se organizar e acabar com esses atos terroristas para que algum diálogo possa ser aberto”, disse Júlio César Filho.
O deputado Tin Gomes (PDT) propôs que Soldado Noelio (Pros) e Delegado Cavalcante (PSL), ambos ligados ao movimento dos policiais, identificassem nomes que possam dialogar com a Polícia Militar para abrir negociação. Além disso, disse para eles aconselharem a corporação a “dar um passo atrás” e desistir da paralisação.
O deputado Renato Roseno (Psol) tenta articular uma mediação junto à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Ceará, à Defensoria Pública e a representantes da Igreja. “O diálogo está bloqueado. É preciso um gesto concreto agora para desbloquear”, disse.
O deputado Salmito Filho (PDT) defendeu um acordo suprapartidário, liderado pelo Poder Legislativo, para retomar a paz no Estado. “Peço a união suprapartidária dos 46 deputados desta Casa para pedir oficialmente que todos os militares voltem às suas funções, garantindo a segurança do povo, para que as negociações sejam reabertas”, frisou o parlamentar.
O deputado Delegado Cavalcante, por sua vez, criticou o que chamou de tentativa de “marginalizar a Polícia”. “Se não querem mais diálogo com as associações (representantes da categoria), se elas perderam a credibilidade da tropa, vão para a Igreja, tem que ter um diálogo pra consertar isso, eles (a tropa) querem diálogo, eles não está lá confortáveis”, afirmou.
O deputado Soldado Noélio (Pros), um dos representantes da categoria, negou ter perdido a representatividade junto à tropa e pontuou que as paralisações no Ceará começaram como um movimento natural dos policiais.
“Houve sim negociação, porém a categoria não aceitou os termos de acordo. O que está difícil de o Governo entender? (...) Não se encontra solução fazendo quebra de braço, que é o que o Governo está fazendo com a categoria”, afirmou. Ele pediu que o Poder Executivo encaminhe um representante “para ir lá e perguntar à categoria o que ela quer”.
Cid Gomes
O presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto (PDT), abriu a sessão plenária repercutindo o agravamento da crise. Para o presidente, o senador Cid Gomes “foi vítima de um ato covarde”. Ele criticou ainda a paralisação dos policiais: “a população está observando quem está colocando seus interesses acima dos da população cearense”.

Tasso Jereissati presta solidariedade a Cid: “vítima de uma violência inaceitável e criminosa”



O senador Tasso Jereissati usou as redes sociais, ontem (19), para manifestar seu apoio ao senador licenciado Cid Gomes, baleado em uma manifestação de PMs grevistas em Sobral.
“Gostaria de expressar meu sentimento de profunda indignação e repúdio em relação ao episódio acontecido hoje em Sobral, ao mesmo tempo em que presto minha solidariedade ao senador Cid Gomes, vítima de uma violência inaceitável e criminosa. Desejo sua breve recuperação, na certeza da punição rigorosa dos que cometeram este ato.”, escreveu Tasso.
Confira:
Tasso Jereissati

Novo Oriente, no Sertão Central, tem sua maior chuva de 2020



21/02/2020 > SEXTA-FEIRA
O Ceará registrou fortes chuvas em várias macrorregiões durante a semana. Pelo 7º dia consecutivo, o Estado registrou precipitações em mais de 125 municípios. De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), as maiores chuvas foram em Novo Oriente, no Sertão Central e Inhamuns, e em Ipu, na Ibiapaba.
O município de Novo Oriente teve a maior quantidade de chuvas em 2020. A previsão é que até sábado,
Desta amanhã (sábado), o Ceará seguirá com condições de chuva em todas as regiões.
CEARÁ AGORA

Ataque contra Cid Gomes ganha destaque na imprensa internacional

Agência de notícias Associated Press destaca que o senador foi baleado após liderar protesto contra movimento grevista de policiais.
O ataque a tiros contra o senador licenciado Cid Gomes (PDT), em Sobral (região norte do Ceará), começou, na noite desta quarta-feira (19), a ser destaque no noticiário internacional.
O jornal norte-americano "The Washington Post" publicou, em sua edição digital, a notícia de que o parlamentar cearense "foi baleado no peito enquanto tentava intervir em uma greve de militares por reajuste salarial" e depois o ex-governador do Ceará foi hospitalizado.
"Senador brasileiro é ferido à bala durante protesto de policiais" foi o título do despacho da AFP publicado pelo jornal peruano "El Comercio"
A reportagem também cita o vídeo mostrando o momento do ataque, quando Cid em uma retroescavadeira avança em direção a um piquete de homens com o rosto coberto por balaclava.
"Não fica imediatamente claro de onde o disparo veio", ressalva o jornal americano.
O "Washington Post" lembra que logo antes de liderar o protesto, Cid postou um vídeo no Twitter compartilhando sua raiva e convocando as pessoas para ajudá-lo a "acabar com a greve".
Assinado pela correspondente Diane Jeantet, sediada no Rio de Janeiro, texto sobre a situação no Ceará foi feito pela agência americana de notícias Associated Press (AP). O relato informou ainda que no Brasil os policiais militares são proibidos por lei de fazerem greve.
"Durante o dia, pequenos atos de vandalismo ocorreram pelo Estado", destacou a correspondente da AP, citando que homens encapuzados invadiram batalhões da PM, depredaram instalações e esvaziaram pneus de veículos.
O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), também foi mencionado na reportagem, ressaltando o pedido encaminhado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública para as forças federais ajudarem a manter a ordem.
A agência francesa de notícias France Presse (AFP) também noticiou o ataque contra o ex-ministro de Educação de Dilma Rousseff (2011-2016), com base nos tuítes de Ciro e nota divulgada pela assessoria do PDT.
"Em outras fotos, ele aparece com a camisa ensanguentada na altura do coração", descreve o despacho da AFP, que apresenta o senador licenciado do PDT como "parte de um clã muito influente no Ceará".
(DN)

Com chuvas em pelo menos 125 municípios, Ceará tem 5 açudes sangrando

A imagem pode conter: texto que diz "tempo fechado em Acopiara"
- Tempo instável na terra do lavrador
Informações via whatsApp é de que chove na maioria dos distritos, principalmente Santa Felícia
Vinte dias após o início da quadra chuvosa, cinco dos 155 açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) estão sagrando. De acordo com o órgão, o reservatório Itaúna, no município de Granja, é o mais recente a ultrapassar 100% de sua capacidade. Ainda segundo a resenha publicada nesta quinta-feira, 20, foram registrados aportes em 84 açudes, totalizando 30,3 bilhões de litros acumulados nas últimas 24 horas.
De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), das 7 horas de ontem às 7 horas desta quinta-feira, 20, choveu em pelo menos 125 municípios do Ceará. Os maiores acumulados foram registrados em postos de Novo Oriente, com 101.0 mm, Ipu, com 98 mm, e Moraújo e Choró, com 81.0 mm.
Este aporte permitiu que os açudes Cedro e Santo Antônio deixassem o volume morto e saíssem da lista de outros 29 que ainda seguem nesta situação. Ao mesmo tempo, sete açudes - além de Germinal, Tijuquinha, Acaraú Mirim, Quandú e Itaúna que sagram - têm volumes acima dos 90%. Atualmente, o volume acumulado em todo o sistema hídrico cearense é de 15,21% da capacidade total.
Entretanto, 90 açudes seguem com volume abaixo de 30%. O alerta vermelho é mais severo nos principais reservatórios cearenses. O Castanhão, maior em capacidade no Estado, está com 2,4% de seu potencial hidrológico cheio. Orós e Banabuiú completam a lista preocupante, com 4,72% e 6,04%, respectivamente.
O POVO

Cid grava vídeo agradecendo aos médicos por salvar sua vida e não fala sobre greve dos policiais

Deputados Tin Gomes, Guilherne Landim e o líder do governo, deputado Júlio César Costa lima, dizem que Cabo Sabino foi flagrado pelas câmeras de segurança da Assembleia Legislativa dando dinheiro para mulheres que atuam na greve de policiais

As imagens mostram o militar reformado conversando, na última terça-feira (18), com as manifestantes em frente à Assembleia Legislativa. Sabino pega dinheiro em uma caminhonete e entrega para as mulheres. Após isso, o grupo seguiu para impedir o acesso ao 18º Batalhão da PM, no bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza. O código penal brasileiro, no artigo 286, prevê prisão e multa para quem incitar publicamente e fazer apologia ao crime. A Constituição Federal, no artigo 142, proíbe e considera crime sindicalização e greve de militares. O artigo 152 do Código Penal Militar caracteriza o ato como “conspiração para crime de motim” O blog tentou contato com o Cabo Sabino, mas o celular dele estava fora de área. Por Roberto Moreira

Presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Sarto, alerta sobre projetos políticos que utilizam a polícia como ferramenta, prejudicam a população e agridem a democracia

Governador Camilo Santana se solidariza com o senador Cid Gomes e diz que “os crimes promovidos por policiais mascarados e amotinados não ficarão impunes”


Partido Cidadania lança nota em solidariedade a Cid Gomes e considera greve de policiais uma “Ilegalidade e banditismo”

O Cidadania 23 torna pública a sua solidariedade ao Senador Cid Gomes pelo atentado sofrido hoje em Sobral. 
A despeito de todo esforço realizado pelo Governo do Estado para o diálogo com os representantes legais de uma das mais valorosas instituições do Ceará, a Polícia Militar, que não comunga com atos de ilegalidade e banditismo como vistos hoje.
Nesta terça-feira, o dia foi de decepção para o cearense, quando agentes ditos militares, impediram policiais de saírem dos batalhões para fazer valer seu juramento de defesa da população, ameaçando comerciantes e decretando toque de recolher, por interesses meramente políticos e eleitoreiros, como o desgaste da imagem do Governo do Estado diante da população.
Atos que podem ser comparados, aos realizados por facções criminosas e que em nada honra a Polícia Militar do Ceará, que tanto admiramos e confiamos.
A sociedade cearense merece respeito! O Cidadania 23 do Ceará, defende de forma intransigente a democracia e o Estado Democrático de Direito, portanto, repudia o extremismo e a falta de civilidade vivenciada hoje em nosso estado.
O momento nos exige união e diálogo, para que tragédias ocorridas como essa não se repitam. A quem interessa o radicalismo e a desordem? A agressão e a disseminação do ódio? Enfim, tudo isso caracteriza um grande retrocesso.
Desejamos a plena recuperação do Senador Cid Gomes e que este impasse que prejudica a toda população, seja resolvido o mais rápido possível. 
Alexandre Pereira 
Presidente Cidadania 23 Ceará

ACOPIARA > CE . FOLIA DE OFERTAS NA MOVELETRO > SÓ ATÉ SÁBADO >

Nota Oficial presidente da Assembleia Legislativa deputado José Sarto


Resultado de imagem para deputado sarto

20/02/2020 > QUINTA-FEIRA
O grave episódio de violência contra o senador Cid Gomes (PDT) deve ser apurado e os responsáveis punidos. Presto minha solidariedade ao nosso senador, desejo sua plena recuperação e apelo a todos por serenidade, pois é urgente um desfecho pacífico para esse impasse, pensando na coletividade e no bem-estar da população.
Ressalto que Assembleia Legislativa do Ceará e Governo do Estado mantiveram diálogo franco e aberto com representantes dos policiais e bombeiros militares. A tabela de reajuste apresentada é fruto das reivindicações das categorias.
A proposta enviada ao Legislativo Estadual foi negociada, aceita e comemorada pelos presidentes de associações, que se disseram porta-vozes da tropa. É preciso respeitar esse acordo. Sejamos razoáveis e coloquemos um fim nesse movimento!
Deputado estadual José Sarto (PDT)
Presidente da Assembleia Legislativa do Ceará

Confira o resultado da Mega-Sena desta quarta (19); prêmio é R$ 170 milhões


Caixa Econômica Federal sorteou, na noite de ontem quarta-feira (19/2), quatro loterias: os concursos 5201 da Quina; o 1931 da Lotofácil; o 2235 da Mega-Sena e a extração  5469-0 da Loteria Federal. Aberto para o público, o sorteio foi realizado no Espaço Caixa Loterias, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo. 

Mega-Sena

A queridinha da noite, a Mega-Sena, que tem o prêmio previsto de R$ 170 milhões, teve as seguintes dezenas sorteadas: 14-18-30-35-55-57.

Fortaleza não pode ser entregue a aventureiros ou amadores de paletó


Resultado de imagem para opinião

O debate sobre o futuro de Fortaleza não pode ser posto para a opinião pública apenas como um plebiscito. Cabe avaliar, também, os nomes, os candidatos. A cidade avançou muito nas áreas da educação, saúde, segurança e mobilidade. Entidades mundiais reconhecem os avanços, premiando a gestão Roberto Cláudio. Atingimos patamares que nos obrigam a meditar. 
É notório o novo ambiente ofertado ao usuário de transporte coletivo, que se desloca rapidamente por toda a cidade, através das faixas exclusivas. O motorista de automóvel economizou tempo, por meio de túneis, viadutos e binários, que reduziram tempo de deslocamento, e os ciclistas estão com mais de 100km de ciclovias. O município oferece, através de parcerias, bicicletas gratuitas ou a preços irrisórios. A proposta é que o cidadão chegue rápido ao destino. 
A sociedade precisa levar em conta os avanços, é importante avaliar as propostas na pré-campanha e, principalmente, o perfil dos candidatos. A pergunta é: posso apostar nesse candidato? Fortaleza precisa de um gestor e não de um amador de paletó.
POR ROBERTO MOREIRA

Governador acusa mascarados e oposição de criar pânico para tirar proveito político

Governador faz pronunciamento, tranquiliza população e diz que um grupo de mascarados e alguns policiais querem criar pânico e que todos serão presos; Camilo Santana diz que a oposição quer tirar proveito político e outros estão ganhando dinheiro. Veja o pronunciamento do governador:

Homem tenta estuprar criança, foge nu e dá de frente com viatura



Um homem foi preso no início da tarde desta quarta-feira (19/02) depois de tentar estuprar uma criança de apenas dois anos, em Cuiabá. As informações são do O Livre.

A tentativa de estupro aconteceu no Bairro Alvorada, em Cuiabá. Mas a prisão foi no Bairro Consil.
Conforme informações da Polícia Militar, a mãe saiu de casa para resolver algo na vizinhança e deixou a criança em casa por pouco tempo.
Ao retornar, minutos depois, o vizinho havia invadido a casa e estava silenciando a criança apertando um pano na boca dela.
Flagrado pela mãe, o homem fugiu nu, enquanto a mãe gritava por socorro. Vizinhos ouviram os gritos e saíram em busca do suspeito, na tentativa de linchá-lo.
A Polícia Militar foi acionada e recebeu a informação de que ele havia fugido em direção a um matagal que fica nos fundos da loja Havan.
Equipes do 10º e do 3º Batalhão da Polícia Militar, e também o helicóptero do Ciopaer, foram encaminhados para auxiliar nas buscas ao estuprador.
A prisão, no entanto, não demorou muito. Durante a fuga, ele acabou ficando de frente com uma viatura da Polícia Militar que estava saindo de outra ocorrência.
O homem foi encontrado ferido e precisou ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Morada do Ouro, onde está recebendo atendimento médico.
180 graus
Por Redação
Miséria.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...