Segunda onda da covid no Ceará está entrando em fase de desaceleração, diz especialista

31/03/2021 > QUARTA-FEIRA
Como já havia sido alertado anteriormente, o Ceará enfrentou o pico da segunda onda da covid-19 durante o mês de março. Em 30 dias, o estado registrou 79.783 novos casos de infecção pelo vírus e 2.014 mortes por conta da doença.

Mas, com a aproximação do início de abril, vem também uma boa notícia para os cearenses: o estado está entrando na fase de desaceleração da segunda onda. Segundo Agliberto Ribeiro, diretor do Instituto Ampla Pesquisa, uma análise dos dados do IntegraSUS mostram que as médias móveis de casos confirmados e de óbitos estão começando a diminuir, o que indica o início de uma retração da doença.

“De acordo com dados fornecidos pelo portal IntegraSUS, tanto a média móvel de casos confirmados como de óbitos estão baixando. O que é um indício de que passamos pelo pico da doença e estamos saindo da fase de estabilidade alta, começando a fase de descida”, explica Agliberto Ribeiro.

Segundo ele, a tendência é que, nas próximas semanas, o Ceará volte para um cenário parecido com o que foi visto após a primeira onda. Porém, hoje, o estado tem uma vantagem sobre a pandemia: a vacina. “A tendência é que voltemos ao que chamamos de ‘novo normal’ de forma gradativa, como ocorreu na primeira onda. A diferença é que, agora, já estamos vacinando a população”, afirma.

A análise do especialista complementa o que já vinha sendo dito por autoridades como o secretário da Saúde do Estado, Dr. Cabeto, que, na semana passada, falou sobre a covid estar alcançando um platô no Ceará. Porém, o número de internações de pacientes com a doença ainda é alto, com 93,15% dos leitos de UTIs ocupados e 78,38% de lotação nas enfermarias, segundo os dados da última terça-feira (30). A análise de Agliberto é que os hospitais só comecem a desafogar no período entre a segunda quinzena de abril e o início do mês de maio.

Apesar de apontar para um cenário de melhora no quadro da pandemia no Ceará, o especialista também alerta que as ações da população são essenciais para esta redução nos números da covid. “Será muito importante que a população evite aglomerações nesse próximo feriado [Semana Santa] para que esses números continuem baixando e possamos voltar, gradativamente, as atividades não essenciais. Acredito que é um esforço conjunto por um bem maior”, conclui Agliberto Ribeiro.
Reabertura

Em uma live na última sexta-feira (26), o governador Camilo Santana antecipou que o Estado pode começar um processo de reabertura das atividades não essenciais a partir do dia 5 de abril, na próxima segunda-feira. Mas, para isso, a adesão da população ao isolamento social rígido é essencial.

“Nós já vamos discutir a possibilidade de retomada gradual a partir do dia 5. Claro que isso tudo vai ser avaliado ao longo da semana. Por isso que é muito importante, e aqui eu quero fazer um apelo diretamente para cada um dos irmãos e irmãs cearenses, a importância dessa semana nós mantermos o isolamento social. Passar uma Semana Santa em casa, com os familiares, com as pessoas que nós amamos. Orarmos, pedirmos esperança nesse momento tão difícil que o mundo está passando. Para que a gente possa chegar ao final da semana com a redução de casos e poder iniciar a retomada a partir do dia 5”, destacou Camilo.


Rosa Weber suspende inquérito no STJ contra membros da Lava Jato

Rosa Weber (Foto: Agência Brasil)
A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu suspender um inquérito – aberto pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) – para apurar a conduta de procuradores que integraram a Operação Lava Jato. O inquérito sigiloso havia sido aberto pelo presidente do STJ, Humberto Martins, de ofício, sem a provocação do Ministério Público Federal (MPF). O objetivo, segundo ele, é apurar se integrantes da força-tarefa da Lava Jato atuaram para intimidar e investigar ilegalmente ministros do tribunal. O ministro se autodenominou relator do processo.

Um dos alvos da investigação, o procurador Diogo Castor de Mattos pediu em um habeas corpus no Supremo a suspensão do inquérito. A defesa dele alegou, entre outros argumentos, que a competência para investigar procuradores que atuam em primeira instância é dos Tribunais Regionais Federais e não do STJ.

Relatora do habeas corpus, Rosa Weber decidiu suspender a investigação por completo, ao menos até que a Primeira Turma do Supremo analise o mérito da questão. Em sua decisão, tomada na última terça-feira, 30, ela mandou oficiar “com urgência” o presidente do STJ para que ele cumpra a decisão.

Interrupção do inquérito

Rosa Weber é relatora também de um outro habeas corpus, aberto pela Associação Nacional de Procuradores da República (ANPR), que pede a interrupção do inquérito no STJ, por entender que não poderia ter sido aberto sem a participação do Ministério Público.

Instada a se manifestar, a Procuradoria-Geral da República (PGR) também pediu a extinção do inquérito. O órgão alegou que os fatos supostamente investigados já são alvo de processo administrativo e que a investigação no STJ tem caráter persecutório e é “flagrantemente ilegal e abusiva”.

O inquérito em questão foi instaurado pelo presidente do STJ em fevereiro, por meio de uma portaria. O processo foi aberto após serem reveladas conversas por aplicativo de mensagem em que procuradores da Lava Jato no Paraná falam em investigar a evolução patrimonial de ministros do tribunal.

As conversas vieram à tona após o ministro Ricardo Lewandowski, do STF, liberar à defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva o acesso ao material apreendido pela Polícia Federal na Operação Spoofing, que apura a invasão por hackers dos celulares de diversas autoridades da República. (Agência Brasil)


DESTAQUE > A CHARGE DO MOMENTO > " A CRISE SOU EU" > POR: RENATO AROEIRA

 

A CHARGE DE RENATO AROEIRA

Roberto Jefferson quer milícia em Juiz de Fora para "dar pau" em policiais e tropa reage: "criminoso não nos intimidará" (VÍDEO)

Roberto Jefferson (PTB) defendeu a “desobediência civil” e “dar um pau” contra guardas municipais de Juiz de Fora que atuam na fiscalização do lockdown estabelecido na cidade. Os agentes de segurança rebateram Jefferson e disseram que : "nenhum criminoso nos intimidará"
Roberto Jefferson (PTB)
247 - Roberto Jefferson (PTB) defendeu durante uma live com o vereador sargento Mello na última sexta-feira (26), a “desobediência civil” e “dar um pau” contra guardas municipais de Juiz de Fora que atuam na fiscalização do lockdown estabelecido na cidade para conter a propagação da COVID-19.

“Está precisando criar umas milícias em Juiz de Fora para dar um pau na Guarda Municipal. Um pau para quebrar.” , disse Jefferson.

Ele também defendeu execuções públicas e que a insubordinação popular se volte contra as famílias de guardas municipais.

A Guarda Municipal realizou na última segunda-feira (29) uma manifestação após os ataques do presidente Nacional do PTB. "nenhum criminoso nos intimidará", disse o comandante Leandro Lisboa.

A corporação também anunciou irá tomar as devidas providências, como comunicar o fato para as autoridades e ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

Crise militar continua com ascensão de Braga Netto, chamado de “interventor do presidente

GENERAL BRAGA NETTO
247 - O novo ministro da Defesa, general Braga Netto, está sendo criticado por outros militares do governo por ter aceitado o pedido do presidente para assumir o cargo. Nos bastidores, seus colegas de farda consideram que seu deslocamento para o ministério da Defesa pode incentivar uma exploração política das Forças Armadas.

Para esses críticos, ao ter aceitado o posto, Braga Netto, até então ministro da Casa Civil, não respeitou a posição do ex-ocupante do cargo, o general da reserva Fernando Azevedo, e se tornou um preposto de Bolsonaro.

Integrantes da cúpula militar veem sua ascensão aio cargo de ministro da Defesa como uma grave quebra de hierarquia, com um tempo inferior aos dos comandantes do Exército e da Marinha.

Braga Netto já foi alertado por alguns de seus pares no exército de que errou ao não ter feito, até agora, uma declaração incisiva para negar qualquer ameaça à democracia. Seu único posicionamento público foi feito na mensagem do Ministério da Defesa alusiva ao aniversário do golpe militar de 1964, informa a Folha de S.Paulo. A ditadura militar durante 21 anos liquidou as liberdades democráticas e perseguiu oposicionistas, usando métodos cruéis como tortura e assassinato de presos políticos.

Nos bastidores do Planalto, Braga Netto foi apelidado de "interventor do presidente". Ele já foi interventor federal no Rio Janeiro, em 2018, ainda no governo Michel Temer.

A crise militar pode prosseguir na escolha dos novos comandantes. O favorito até o momento para o posto de comandante do Exército é o general Marco Freire Gomes, comandante militar do Nordeste. Gomes, por ser mais novo, teria que atropelar cinco outros generais, o que quebraria uma hierarquia por antiguidade, caso passe à frente.

A expectativa é que Braga Netto anuncie nesta terça-feira (31) os novos comandantes das três Forças. Para a Marinha, o favorito é o atual secretário-geral do Ministério da Defesa, almirante Garnier Santos. Para a Aeronáutica, ainda não há um nome definido.

GOLS PELA COPA DO NORDESTE E CARIOCA - PLACAR DA RODADA E GOLS DA TERÇA-FEIRA

Senado e Câmara de Nova York aprovam uso recreativo da maconha

O Senado e a Câmara do estado de Nova York aprovaram na noite de terça-feira (30/3) a legalização da posse de até 85 gramas de maconha e o cultivo e a venda da droga para maiores de 21 anos. O texto é um dos mais abrangentes sobre o assunto nos Estados Unidos.

O projeto foi aprovado por 40 votos a 23 no Senado e por 100 votos a 49 na Câmara e agora segue para sanção do governador Andrew Cuomo, que tem 10 dias para assinar a autorização.

Em nota, Cuomo voltou a dizer que vai transformar o projeto em lei. “Nova York tem uma longa história de ser a capital progressista da nação, e esta importante legislação mais uma vez continuará esse legado”.

Atualmente, 14 estados e o distrito de Columbia, onde fica a capital Washington, já legalizaram a venda de maconha para adultos. Nova York será o 15º da lista e também o 3º estado onde os legisladores — não os eleitores — aprovaram a legalização.

A legalização pode render ao estado cerca de US$ 350 milhões (cerca de R$ 2 bilhões) por ano e criar de 30 mil a 60 mil empregos, segundo o governo de Nova York.

Mas as vendas não devem começar até que o estado regulamente a lei e crie um conselho, e a estimativa é que o início das comercialização possa levar de 18 meses a 2 anos.



Rede bolsonarista está à espera de sinal para saber como agir sobre Forças Armadas...

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro que frequentam grupos de WhatsApp governistas estão “esperando um sinal” para saber como agir diante da troca dos comandantes das Forças Armadas e da demissão do ministro da Defesa, avalia o professor de Estudo... Leia mais em https://www.cartacapital.com.br/politica/rede-bolsonarista-esta-a-espera-de-sinal-para-saber-como-agir-sobre-forcas-armadas/. 


Auxílio Emergencial 2021: veja perguntas e respostas

 

Pagamento será feito em quatro parcelas; benefício será de R$ 250 por família, com valores diferenciados para aquelas comandadas por mulheres que criam filhos sozinhas. Pessoas sozinhas vão receber R$ 150.

A Nova rodada do Auxílio Emergencial começa a ser paga em meados de abril, como medida de resgate aos mais vulneráveis em momento de agravamento da pandemia do coronavírus.
O retorno do benefício será em quatro parcelas, com valores específicos conforme o perfil de quem recebe. O valor médio dessa rodada é de R$ 250, mas pode variar de R$ 150 a R$ 375 a depender da composição de cada família.
Duas Medidas Provisórias abriram caminho no Orçamento para até R$ 44 bilhões destinados aos pagamentos, mas informações estão sendo divulgadas aos poucos pelo governo. Veja abaixo o que se sabe sobre o pagamento do novo Auxílio Emergencial:
Qual o valor das parcelas?
Quando o Auxílio será pago?
Qual será o número de parcelas?
Como será feito o pagamento?
Quem vai receber?
Quem NÃO vai receber?
Quantos serão os beneficiários?
Como se inscrever na nova rodada?
Não me cadastrei para receber o auxílio em 2020, mas hoje não tenho renda. Posso receber?
Como saber se eu vou receber?
Que documentos eu preciso para receber?
Meu CPF precisa estar regularizado?
Como regularizar o CPF?
É preciso atualizar o Caixa TEM para receber o benefício?
Quantas pessoas da mesma família podem receber o Auxílio Emergencial?
Quanto tempo tenho para movimentar os recursos do Auxílio?
Fui aprovado. Posso perder o Auxílio?
Tenho dívida no banco. O Auxílio fica retido para quitação?
Recebo BPC ou outro benefício do INSS. Posso receber o auxílio?
Moro fora do país. Posso receber?
Cheguei a receber o Auxílio em 2020, mas ele foi cancelado. Posso voltar a receber agora?
Sou mãe adolescente. Posso receber?
Tenho contrato formal de trabalho, mas estou sem remuneração há mais de três meses. Posso receber ?
Sou mulher chefe de família sem marido ou companheiro, e tenho uma pessoa em casa menor de 18 anos de idade. Quanto vou receber?
Sou beneficiário do Bolsa Família. Como fico enquanto estiver recebendo o Auxílio?
1. Qual o valor das parcelas?

Com 3.668 mortes por Covid em 24 horas, Brasil volta a bater pior marca da pandemia

 

País contabilizou 12.664.058 casos e 317.936 óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia, segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa. Mês de março já soma 62,9 mil mortes, quase duas vezes mais do que o total de julho de 2020, o segundo com mais óbitos.
O Brasil bateu um novo recorde com 3.668 mortes por Covid registradas nas últimas 24 horas e totalizou nesta terça-feira (30) 317.936 óbitos. Com isso, a média móvel de mortes no país nos últimos 7 dias chegou a 2.728, nova pior marca no índice pelo 5º dia consecutivo. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +34%, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença.

É o que mostra novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h de terça.

A um dia do fim do mês, março já tem quase o dobro de mortes por Covid registradas em julho de 2020, que era o pior mês da pandemia --até ser superado pelo mês atual. De acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa, julho teve 32.912 óbitos pela doença. Até aqui, foram registradas 62.918 mortes em março no país.


No primeiro ato público como ministro da Defesa, Braga Netto publica ordem do dia sobre 1964

 

"Ordem do dia é alusiva ao aniversário de 57 anos do golpe militar, que o novo ministro chama de 'movimento de 31 de março de 1964'.

Braga Netto
Novo Ministro da Defesa
No primeiro ato público como ministro da Defesa, Braga Netto, publicou uma ordem do dia alusiva ao aniversário de 57 anos do golpe militar de 1964, que ele chama de movimento de 31 de março de 1964.

No texto, Braga Netto descreve o contexto da época. Diz que o século 20 foi marcado pelas guerras mundiais e pela expansão de ideologias totalitárias e que a Guerra Fria envolveu a América Latina, "trazendo ao Brasil um cenário de inseguranças, com instabilidade política, social e econômica". Segundo ele, havia ameaça real à paz e à democracia.

Braga Netto segue afirmando que os brasileiros se movimentaram nas ruas, com amplo apoio da imprensa, de lideranças políticas, das igrejas e de empresários.

Nas palavras dele, coube às Forças Armadas a responsabilidade de pacificar o país, enfrentando desgastes para reorganizá-lo e garantir as liberdades democráticas de hoje.

Braga Netto não faz referência aos 21 anos em que os militares se mantiveram no poder após o golpe nem a atos duros do regime como o AI-5, à censura à imprensa e à perseguição a politicos.

O novo ministro destacou que as Forças Armadas "acompanham as mudanças dos últimos anos, conscientes de sua missão constitucional de defender a pátria, garantir os poderes constitucionais, e seguros de que a harmonia e o equilíbrio entre esses poderes preservarão a paz e a estabilidade em nosso país".

Braga Netto conclui dizendo que o movimento de 1964 é "parte da trajetória histórica do Brasil" e que "assim devem ser compreendidos e celebrados os acontecimentos daquele 31 de março".

Este é o terceiro ano consecutivo em que há ordem do dia alusiva ao golpe de 64 com textos semelhantes.

No ano passado, assinado pelo então ministro Fernando Azevedo e Silva, o texto afirmava que o movimento de 64 é um "marco para a democracia brasileira".


EVANGELHO DO DIA COM PADRE CHICO SILVEIRA

31/03/2021 > QUARTA-FEIRA

Ceará deve receber o 12º lote de vacinas contra a Covid-19 até esta quarta-feira (31)

 30/03/2021 > TERÇA-FEIRA

CAMILO SANTANA

O governador Camilo Santana anunciou que o Ceará deve receber, até a próxima quarta-feira (31), o 12º lote de vacinas contra a Covid-19. Previsão foi dada pelo Ministério da Saúde (MS) e confirmada nesta segunda-feira (29) em live nas redes sociais.

Não foi informado, porém, a quantidade de doses e nem de qual laboratório os produtos serão. O chefe do Executivo Estadual afirmou que, assim como ocorreu nos lotes anteriores, as vacinas serão prontamente enviadas aos 184 municípios cearenses para organização e armazenamento.

O 11º lote de vacinas, com 158.100 doses, chegou no Ceará na última sexta-feira (26). Carregamento foi composto por 124.400 doses de CoronaVac/Instituto Butantan e outras 33.700 de AstraZeneca/Oxford.

Na transmissão ao vivo, Camilo reafirmou que o estado segue colhendo frutos das medidas de isolamento social rígido implantadas contra o avanço do novo coronavírus, com possível estabilidade dos números da doença. O governador disse também que a vacinação tem gerado resultados positivos, como a queda do número de idosos internados.

Leitos

Apesar dos indícios de estabilidade nos indicadores, "os números continuam muito altos" e com mais agressividade no vírus. Frente a isso, o governador pontuou a crescente abertura de leitos.

Até esta segunda-feira, o Ceará conta com 4.724 leitos exclusivos para tratamento da Covid: 3.506 de enfermaria e 1.218 de UTI. Desde a última sexta-feira (26), foram 78 novos equipamentos clínicos.

Hospitais de Campanha

Paralelo ao aumento de leitos, estão sendo finalizados novos hospitais de campanha no estado. Segundo Camilo, a unidade anexa do Hospital de Messejana deve ser finalizada nesta terça-feira (30).

Estão em construção hospitais de campanha no Hospital Geral Dr Waldemar Alcântara (HGWA), Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital Regional Norte (HRN), Hospital Regional do Sertão Central (HRSC).

Fonte: Diário do Nordeste

Após ameaça de morte, Camilo Santana defende medidas na pandemia e recebe apoio de políticos

CAMILO SANTANA
GOVERNADOR DO ESTADO
Após sofrer ameaças de morte em grupos de WhatsApp - o que gerou uma investigação da Polícia Civil -, o governador Camilo Santana (PT) se pronunciou sobre o assunto durante transmissão ao vivo nas redes sociais na noite desta segunda-feira (29). “Vou continuar agindo da mesma forma, estou com a consciência em paz”, declarou.
Deputados, vereadores cearenses e o prefeito José Sarto (PDT) usaram os perfis nas redes sociais para demonstrar apoio ao chefe do Executivo Estadual.
São inaceitáveis as ameaças de morte ao governador , que representam um ataque não somente ao cidadão, mas a toda a sociedade e ao estado democrático de direito. Que o episódio seja investigado e os autores, responsabilizados. SARTO > PREFEITO DE FORTALEZA
As ameaças ocorrem em meio às medidas restritivas adotadas pelo Governo do Estado diante do agravamento da pandemia no Ceará.
O colunista Inácio Aguiar apurou que, em um áudio compartilhado em um grupo de WhatsApp contra o lockdown, um homem com antecedentes criminais chama o governador e outros políticos cearenses de “bandido” e relata que tem “amigos militares” que teriam “o olho quente”.
“Vou ser sincero com vocês: tinha uma galera aí doida para pegar o governador... É porque sumiu (sic). Mas não tá fácil para ele escapar, não. Tem um bocado de menino bom aí doido para pegar ele, pra comer a cabeça dele. É grana, viu? E eu estou dentro”, diz, ao reiterar a ameaça.
Camilo Santana disse ainda, durante a live, que prefere “falhar pelo excesso do que na omissão”, e afirmou que continuará tomando as medidas de isolamento social.


Tarrafas registra a maior chuva do Cariri das últimas 24 horas; confira os índices da região

- Acopiara > 5 mm
Cerca de 90 municípios cearenses registraram chuva entre às 7h de segunda (29) e às 7h de terça-feira (30). Destes, pelo menos 16 são caririenses. O destaque da vez foi Tarrafas, que registrou a maior chuva da região das últimas 24 horas, com 34 milímetros (mm).
Confira os índices divulgados até o momento pela Funceme*:

Tarrafas – 34 milímetros;
Santana do Cariri – 32.4 milímetros;
Granjeiro – 28.4 milímetros;
Farias Brito – 19 milímetros;
Aurora – 19 milímetros;
Lavras da Mangabeira – 17 milímetros;
Várzea Alegre – 17 milímetros;
Jardim – 10 milímetros;
Campos Sales – 9.6 milímetros;
Milagres – 9 milímetros;
Antonina do Norte – 8 milímetros;
Barro – 7.6 milímetros;
Porteiras – 7 milímetros;
Missão Velha – 5 milímetros;
Crato – 5 milímetros;
Araripe – 3.6 milímetros;

*De acordo com o órgão, os índices divulgados são “preliminares” e são atualizados “à medida que os dados são repassados”.

Por Sarah Gomes
Miséria.com.br

Prefeitura de Fortaleza amplia usinas de oxigênio de UPAs municipais e triplica capacidade de produção


FOTO DIVULGAÇÃO
Para continuar garantindo o abastecimento de oxigênio aos pacientes que ocupam os leitos de observação das UPAs Edson Queiroz, Vila Velha e Bom Jardim, a capacidade das usinas de oxigênio nessas unidades está sendo ampliada. No último sábado (27/03), a usina da UPA Edson Queiroz teve sua capacidade triplicada. Já as UPAs Vila Velha e Bom Jardim receberão as novas usinas até o dia 6 de abril.

"A assistência de saúde está entre as nossas prioridades e vamos seguir fazendo o que estiver ao nosso alcance para atender bem os fortalezenses", afirmou o prefeito de Fortaleza, José Sarto.

As saídas de oxigênio de três UPAs são abastecidas por usinas dentro das próprias unidades. Essas usinas funcionam filtrando o ar e outros elementos por meio de compressores e permitindo a passagem do oxigênio.

Com a ampliação, a geração de oxigênio triplica, com capacidade de produzir 15,8m³/h de oxigênio por hora. Os equipamentos funcionam por PSA (Pressure Swing Adsorption), ou Processo de Adsorção. Atualmente, as usinas produzem 5,6m³ de oxigênio por hora através de energia. No local, também são disponibilizados cilindros reservas para manter a disponibilidade do insumo a todo momento.

Covid-19 e o uso do oxigênio medicina

Dentre os principais sintomas da Covid-19, que já infectou quase 359 mil pessoas em Fortaleza de acordo com o IntegraSUS, estão o comprometimento do sistema respiratório, que pode levar ao óbito. Com o aumento da demanda por oxigênio nas unidades, ocasionado pela pandemia, a necessidade de oxigênio também passa a ser maior.

O insumo nessas unidades pode ser usado no auxílio da respiração de usuários, nebulização, casos de intubação e no tratamento de doenças respiratórias, possibilitando segurança e estabilidade para o paciente. O oxigênio serve também em casos de inalação, expurgo, esterilização de equipamentos e outros casos.


Laboratórios veterinários poderão produzir vacinas contra coronavírus Fonte: Agência Senado

O vice-presidente do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (Sindan), Emílio Salani, confirmou nesta segunda-feira (29), na comissão do Senado que monitora as ações de combate à pandemia (CTCOVID19), que negocia com o governo a possibilidade de produção de vacinas inativadas contra o coronavírus nas plantas industriais de imunizantes voltados à saúde animal.

— Considerando que as vacinas inativadas contra a covid-19 são produzidas a partir do vírus vivo, a indústria de saúde animal possui três plantas com nível de biossegurança máxima, com capacidade instalada para atender a demanda de vacinação em todo o país. A indústria veterinária domina a produção de vacinas inativadas partindo de sementes de cultivo de células, ou seja, a célula-mãe — afirmou.

Ele explicou que, "de posse das informações recebidas pela indústria da saúde animal sobre o cultivo da inativação e preparo, a indústria tem a possibilidade de debater com as autoridades, como a Anvisa e os ministérios da Saúde e Agricultura, a viabilidade da produção de vacinas humanas contra a covid-19".

— Proporcionando então a produção local de um volume expressivo de vacinas para a população, dispensando a necessidade de importação de IFAs [Ingredientes Farmacêuticos Ativos] e reduzindo nossa dependência, possibilitando a produção de centenas de milhões de doses, garantindo a vacinação massiva — detalhou Salani, ao reproduzir conteúdo de documento enviado ao relator da comissão, senador Wellington Fagundes (PL-MT).

O parlamentar confirmou que há o desejo de algumas das maiores empresas filiadas ao Sindan "de converter temporariamente suas gigantescas plantas para a produção de vacina contra a covid-19". O relator reforçou que o setor opera sob os mais exigentes critérios de biossegurança e rastreabilidade da Organização Mundial da Saúde (OMS) e organismos internacionais. E é graças a esse trabalho que "a pecuária brasileira é a número 1 do mundo".

Wellington acrescentou que, caso o pleito do Sindan seja atendido, será possível um acréscimo aos estoques de vacinas já em posse do Ministério da Saúde "em 90 dias, dada a escala de produção em que essas indústrias estão habituadas a produzir".

Meiruze Freitas, diretora da Anvisa também presente à reunião, confirmou que haverá uma reunião do Sindan com diversos órgãos governamentais para tratar do tema ainda nesta segunda-feira. O senador Fagundes também participará dessa reunião, representando a comissão do Senado. Para Meiruze, a entrada dos laboratórios veterinários pode abrir "uma grande janela" para a produção de vacinas em larga escala.

— Certamente, a parte de vírus inativado abre uma grande janela, entrando o setor de produção de vacinas de uso animal. Entregaremos à comissão do Senado que mapeamento faremos no processo, para que se possa rapidamente ter a vacina produzida aqui, utilizando a estrutura das empresas de uso animal, em especial a parte da célula-mestre. Porque a grande chave é que a indústria animal tenha acesso à célula-mestre, e a partir da célula-mestre consiga reproduzir o IFA com as mesmas características. Não conhecemos ainda este detalhe da indústria animal porque não faz parte, a Anvisa não é a autoridade que regula produtos de uso animal. Então, só a partir da reunião de hoje com o Sindan é que poderei dar mais esclarecimentos — detalhou.

O representante do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcelo Morales, afirmou que buscará parcerias com laboratórios veterinários visando à futura produção de vacinas brasileiras, ainda em fase de testes, como a Versamune, da Universidade de São Paulo (USP).
Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Agência Senado

Pesquisadora diz que País está longe de volta segura às aulas Fonte: Agência Câmara de Notícias

Estudos científicos recentes apontam que as crianças têm uma carga viral de coronavírus semelhante à dos adultos e que lockdown com escolas fechadas é o meio mais eficiente de conter o avanço da pandemia. Os dados foram apresentados aos parlamentares da Comissão de Educação da Câmara nesta segunda-feira (29) pela coordenadora do Laboratório de Epidemiologia da Universidade Federal do Espírito Santo, Ethel Maciel.
Fonte: Agência Câmara de Notícias

Sancionada, com oito vetos, lei que amplia serviços do governo pela internet Fonte: Agência Câmara de Notícias


O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com oito

A Lei 14.129/21 é baseada no Projeto de Lei Projeto de Lei 7843/17, do deputado Alessandro Molon (PSB-RJ). Conhecido como Governo Digital, o texto foi aprovado pela Câmara em dezembro e pelo Senado em fevereiro.

O objetivo da nova lei é modernizar e simplificar a relação do poder público com a sociedade. A medida também visa reduzir custos para a administração pública. As novas regras valem para toda a administração direta dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) das três esferas de governo (federal, estadual ou distrital e municipal), além dos tribunais de contas e do Ministério Público.

Uso de CPF
Conforme a nova lei, o número de inscrição no CPF ou no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) serão os números padrões para acesso aos serviços do governo digital.

Foi vetado dispositivo que estabelecia que o estabelecimento do CPF ou do CNPJ como número suficiente de identificação ficaria sujeito a diretrizes a serem elaboradas pela Agência Nacional de Proteção de Dados (ANPD), bem como à elaboração de relatório de impacto à proteção de dados pessoais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

“Essa condição, além de desarrazoada, fere o interesse público, pois subordina a uma manifestação da ANPD o usufruto, pelos cidadãos, de serviços públicos digitais; impõe a retirada imediata de todos os serviços digitais já disponíveis na plataforma gov.br e documentos hoje existentes e que sustentam os serviços públicos digitais”, argumentou o governo. Conforme o presidente, o veto não impede a ANPD de editar regulamentos e procedimentos em casos em que o tratamento de dados pessoais representar alto risco à garantia de proteção desses dados.

Fonte: Agência Câmara de Notícias




Covid-19: Saúde libera mais leitos de UTIs para estados e municípios

FOTO DIVULGAÇÃO
Portaria do Ministério da Saúde, que autoriza leitos de UTIs para atendimento exclusivo de pacientes vítimas da covid-19 é publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (30).

O documento estabelece recurso financeiro do Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde - Grupo Coronavírus (covid-19), a ser disponibilizado aos estados e municípios, em parcelas mensais, no valor total de mais de R$ 44 milhões.

Nessa segunda-feira (29), o ministério já havia autorizado a implantação de mais 2.431 mil leitos para atendimento a pacientes com covid-19 em UTIs. As estruturas serão instaladas em 23 estados e no Distrito Federal.

Também foram autorizados mais 50 leitos pediátricos. A autorização consiste na participação do governo com recursos no custeio dessas estruturas. O ministério repassa mensalmente as verbas, em caráter temporário.

De acordo com a pasta, para estes 2.431 leitos serão encaminhados aos estados R$ 113,6 milhões por mês.

Edição: Aécio Amado



Campeonato Carioca: Fluminense e Vasco jogam clássico em Volta Redonda

 

Em razão das restrições sanitárias por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19) na cidade do Rio de Janeiro, o Maracanã não será o costumeiro palco do clássico Fluminense e Vasco. A partida vai acontecer nesta terça-feira (30) no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redon